7 de jan de 2013

PT NA CÂMARA RETOMA A LEY DE MEDIOS

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!

Franklin não quer nada além do que está na Constituição.

Saiu no Valor, o PiG (*) chic, um editorial/reportagem sobre a Ley de Medios – o Valor é contra, já que pertence à Globo: 

PT QUER RETOMAR DEBATE SOBRE REGULAÇÃO DA MÍDIA



Começa (mal) assim:

A provável eleição para vice-presidente da Câmara dos Deputados do secretário de Comunicação do PT, André Vargas (PR), deu algum ( sic) ânimo ao partido para voltar a insistir e finalmente levar para dentro do Congresso Nacional a bandeira petista de regulação da mídia,


“Não existe nada no nosso anteprojeto que não esteja previsto na Constituição. O anteprojeto, no fundamental, transforma em texto legal as diretrizes da Constituição. O marco regulatório é nada além nem aquém do que diz a Constituição”, afirma Franklin Martins 
(que deixou ao Governo Dilma um projeto pronto de Ley de Medios – PHA)
De acordo com ele, o processo de convergência de mídias é uma realidade e mais cedo ou mais tarde o governo terá de tratar dele. Caso contrário, o mercado o fará. “E quando o mercado decide, prevalece a lei do mais forte. O setor de telefonia fatura 13 vezes mais que o de radiofusão. Quanto mais tempo levar para regular, maior é a força deles de se impor nessa discussão.”

Sintonia Fina
- com Conversa Afiada

Nenhum comentário: