25 de jun de 2013

Apavorado, Aécio manda JN tirar do ar sua fala contra o povo na Constituinte



Após a presidenta Dilma lançar a proposta de consulta popular e Constituinte exclusiva para reforma política, o presidente do PSDB, Aécio Neves, reuniu-se com o presidente do DEM, Agripino Maia, e o presidente do PPS, Roberto Freire, os partidos de oposição, para dar uma entrevista conjunta para a imprensa.


Gravou para diversos canais de TV, com o microfone da Globo à frente.

De noite, no "Jornal Nacional" teve uma matéria contendo declarações da oposição. Apareceu José Agripino e Roberto Freire falando contra a participação popular e a constituinte proposta por Dilma. Os dois oposicionistas não querem mexer em seus privilégios e poderes.

E cadê o Aécio? Sumiu! O presidente do maior dos partidos de oposição foi cortado e não foi ao ar! 

Conclusão: só pode ter sido cortado a pedido do tucano. O marqueteiro dele deve ter avisado que iria desgastar sua imagem batendo de frente com a proposta de Dilma que ia de encontro aos anseios populares. Deixou o desgaste para Agripino e Freire.

Em tempo: no Jornal da Record, Aécio sentiu a pancada. Apareceu nervoso, gaguejando, fazendo críticas sem pé nem cabeça.

Ah... reparem na cara de "alegria" de Agripino e Freire.



com Amigos do Presidente Lula


3 comentários:

vilson disse...

os partido que se dis oposição so tem maluco aecio neves roberto freire jose agripino so pelos os nomes dos tres ja dis tudo trio maluco S.A agora estão pulando com um pé so porque apresidenta DILMA deu um tiro no outro e agora so resta pula triu malucos

Anônimo disse...

Pega nas outras emissoras o que foi dito e repassa no blog. Aí se confirma que a Globo escondeu o comentário dele mesmo.

Nano Falcão disse...

não adiantou a globo cortar, apareceu na redord, rsrs... uma pena que um monte de acéfalos assiste apenas um único canal de TV todo o tempo, pra eles nem precisa de controle remoto.