14 de jan de 2012

Desgaste do governador e prefeito: PM libera retorno de viciados à Cracolândia no centro de São Paulo



O desgaste político do governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Paulistano Gilberto Kassab (PSD) que alegaram não saber que ocorria uma operação desastrada da Polícia Militar para explusar viciados da cracolância, levou o comando da corporação a mudar a estratégia de ação na região.

Como o fim da tortura 'dor e sofrimento' emplantado por os dois governantes paulistas, mais de 200 consumidores voltaram no fim da tarde de ontem a se aglomeraram a 50 metros do local que concentrava usuários antes do começo da operação.

Dezenas fumavam crack ao ar livre. Na ação, o policiamento de Choque deu tiros borracha usou bombas de efeito moral, gás pimenta e cassetete

O comandante-geral da PM, coronel Álvaro Batista Camilo, disse que, ao contrário do que vinha ocorrendo nos primeiros dias de operação, ontem a ordem era não intervir nos aglomerados, mesmo quando estivessem bloqueando a rua.

Camilo disse que o plano a partir de agora é conversar e explicar aos usuários que eles não devem impedir o trânsito.



Sintonia Fina 
Amigos do Lula


 
"O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter"
(Cláudio Abramo)

Nenhum comentário: