10 de dez de 2011

Como o PiG vai tentar desconstruir o Amaury

O FHC , que iluminava a Antiguidade e o PiG (*), hoje, já deu a senha, na “coletiva” palpitante que concedeu ao UOL (é 472ª esta semana).

O UOL é da Folha, paga os salários da Folha e, portanto, para o Fernando Henrique é uma zona de conforto tão aquecida quanto o salão do Celso Kamura para a Patricia Poeta.

O FHC disse que o Amaury já foi processado.

Sim, o Amaury explica no livro.

Foi processado numa trampa tucana, como explica Leandro Fortes, na Carta Capital.

É o que demonstrou o Amaury: 

Serra grampeia e se faz vítima de grampo.

Não é isso, Dr Itagiba ?

O indiciamento do Amaury não apaga todas as provas da lavanderia tucana impressas no livro.

Mas, o PiG vai por aí.

A outra vertente será ignorar.

Mas, isso é perda de tempo.

O Mubarak tinha completo controle da imprensa do Egito.

E o Rei Farouk também.

Com a internet, os tucanos de São Paulo não passarão mais de Resende.

Serão reduzidos ao que sempre foram.

Uma UDN ácida, medíocre, golpista, que apita no PiG e em nenhum outro lugar.

Talvez no salão do Celso Kamura.

Em tempo: outra arma mortal será, sempre, o Sírio Libanês. 


Quem sabe La Bergamo não descobre que o Amaury fez fimose no Sírio, depois de velho ?

Sintonia Fina - PHA 

 "O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter" 
(Cláudio Abramo)

Nenhum comentário: