20 de jun de 2013

É golpe!




A turma do contra, o pessoal do Cansei, a oligarquia, a imprensa, parcelas da classe média, a extrema-direita, todos os que anseiam pela volta a um passado tenebroso, finalmente conseguiram terceirizar a sua “revolução” – nada como um bando de idealistas ingênuos como esses moleques do tal MPL, movimento já instrumentalizado por aquela seita religiosa chamada PSTU.

É golpe!

Enquanto esse pessoal acha que está fazendo sua parte para mudar o País, suas manifestações já foram devidamente açambarcadas pelos reacionários da pior espécie, cujos atos são, ou louvados ou execrados por uma imprensa que nada mais é que um partido político.

É golpe!

Esses setores golpistas sabem que não têm a menor condição de voltar ao poder, pelo menos por enquanto, pelas vias constitucionais.

Não têm bandeiras, não têm projetos para o Brasil, não têm votos.

Por isso sempre apostaram no “quanto pior, melhor”.

Por isso estão agora superativos, tomando conta das “manifestações populares”.

É golpe!

E ninguém tem mais a perder, se os golpistas forem vitoriosos, do que esses moleques bobocas que pensam que estão mudando o País.

A extrema-direita, saibam esses bobinhos, não tolera certas coisas: a primeira delas algo chamado democracia.

É golpe!

Uma geração inteira cheia de sonhos está prestes a ser calada, avanços que o povo conquistou depois de muitas lutas, tudo isso irá para o lixo da história se os golpistas, verdadeiros lobos em pele de carneiro, forem vitoriosos.


E é preciso denunciá-lo, combatê-lo, resistir a esse estupro dos nossos direitos de cidadãos e brasileiros.


Nenhum comentário: