17 de jun de 2013

Comandante da Gestapo tucana pede que manifestantes ataquem o PT



Comandante-geral da PM tenta politizar protestos em São Paulo 

iG

O comandante geral da Polícia Militar de São Paulo, Benedito Roberto Meira, sugeriu aos representantes do Movimento Passe Livre (MPL) que incluíssem na pauta do quinto protesto pedido de prisão dos condenados do processo de Mensalão, segundo relato ao iG de dois participantes da reunião.


Segundo participantes da reunião, Meira teria dito que foi um erro da polícia (ação da tropa de choque), que é a favor das manifestações não só pelas passagens, mas que tem muita coisa errada, como os mensaleiros. Ainda conforme os relatos, os representates do MPL, ignoraram a sugestão do coronel, que foi classificada como uma tentativa de politizar a manifestação.

"Ele queria demarcar uma posição", explicou Mayara Vivian uma das representantes do MPL, que também participou do encontro. Manifestantes rejeitaram também todos os pedidos feitos pelo secretário de Segurança Pública do Estado, Fernando Grella.


SINTONIA FINA - @riltonsp
- com Blog Sujo 



Nenhum comentário: