25 de abr de 2013

Brasil é o país com maior redução do desemprego desde 2008


O Brasil que Lula construiu e Dilma preserva dá uma surra na imprensa brasileira. Não leia na Folha, no Estadão, no O Globo, na 'Veja' e não veja no Jornal Nacional...


O Brasil é o país que acumula maior redução da taxa de desemprego desde 2008, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) que abrangem os 42 países que já divulgaram os números de 2012 sobre o mercado de trabalho.
No ano em que estourou a crise financeira internacional, 7,9% da população ativa brasileira estava sem emprego; em 2012, essa proporção passou para 5,5%, o que representa uma queda de 30% na taxa.


Os números do FMI se referem à média de cada ano e vão só até 2012. No entanto, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmam que a tendência de queda do desemprego se manteve no início de 2013, apontando a menor taxa para meses de março desde 2002.


Ranking

A Alemanha, no ranking do FMI, aparece em segundo lugar, com uma diminuição muito próxima da brasileira, de 7,6% para 5,5%. O terceiro país da lista é a Bolívia, onde o indicador foi de 6,9% para 5,5%.


A taxa só caiu em 15 dos 42 países analisados. Em Portugal, na Bulgária e na Espanha, o indicador de desemprego mais do que dobrou no período. Na Grécia, mais que triplicou (veja tabela abaixo).


Os Estados Unidos e a Índia são os dois únicos países, entre as maiores economias, que não estão na lista do FMI, por não terem o dado fechado do desemprego médio em 2012.


Mas para os EUA, o FMI tem uma projeção, de que a taxa atingiu 8,1% no ano passado, contra 5,8% em 2012. Já a Índia não conta com os dados oficiais nem com previsões.


Desemprego em países selecionados


PaísTaxa em 2008 (%)*Taxa em 2012 (%)*Variação (%)**
Brasil7,95,5-30,4
Alemanha7,65,5-28,2
Argentina7,97,2-8,6
Rússia6,46,0-6,3
China4,24,1-2,4
Japão4,04,49,2
México4,04,820,8
França7,810,231,5
Reino Unido5,68,044,3
Itália6,810,656,8
Portugal7,615,7106,2
Espanha11,325,0121,2




SINTONIA FINA - @riltonsp  
com Aposentado Invocado

Nenhum comentário: