6 de abr de 2013

Blogueira cubana é barrada nos EUA


Por Altamiro Borges 

A mídia colonizada, que tanto bajulou a dissidente cubana Yoani Sánchez em sua recente visita ao Brasil, não fez maior estardalhaço contra mais um atentado às liberdades cometido pelos EUA - o "paraíso da democracia", segundo alguns servos do império. 


Na tarde de ontem (03), o governo estadunidense proibiu o ingresso no país de Elaine Díaz Rodrigues, blogueira, jornalista e professora da Universidade de Havana. 

Ela simplesmente foi impedida de participar de um dos maiores eventos de ciências sociais do mundo, o XXXI Congresso Internacional de Estudos Latino-Americanos.

Segundo o blog Jornalismo B, Elaine Díaz teve seu trabalho acadêmico aprovado pela Associação de Estudos Latino-Americanos, entidade organizadora do evento, que também deu a ela uma bolsa para a viagem aos EUA. Mesmo assim, o governo do "democrata" Barack Obama não concedeu o visto de entrada. "É humilhante que neguem vistos a acadêmicos, enquanto recebem de braços abertos a Yoani Sánchez", critica a professora e blogueira cubana. 

Diante do fato lamentável, ela ainda pergunta quem é que de fato cerceia a liberdade. "Cuba ou os EUA?".

O senador Eduardo Suplicy (PT-S), que ciceroneou Yoani Sánchez no Brasil, fará um pronunciamento no Congresso em defesa das liberdades democráticas nos EUA? A bancada demotucana, que tanto bajulou a dissidente cubana, proporá uma moção de repúdio ao presidente Barack Obama? A asquerosa revista Veja também dará capa criticando o ditatorial governo ianque? E a golpista Sociedade Interamericana de Prensa (SIP), que reúne os barões da mídia do continente e paga salário a Yoani Sánchez, vai protestar? 

A conferir! 

SINTONIA FINA - @riltonsp

Nenhum comentário: