25 de dez de 2012

As proezas e Gurgel e Fux e os estranhos índices de confiança do Ibope

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!


Por Marcelo Bancalero

Assim que  espalharam graciosamente  a noticia de  que segundo o Ibope, o brasileiro confiava mais nos indicados e concursados do STF  do que naqueles que foram  votados e escolhidos por eles  no congresso, me coloquei a pensar  nesta questão antagônica.

Como assim?

Então eu elegi o cara mas não confio na minha capacidade  de escolha? E confio mais  naquele que  não representa de maneira nenhuma  a escolha da população?

Eu primeiramente  me perguntei o porquê desta  pesquisa? Qual a finalidade de saber em quem o povo  acredita e confia mais entre os dois? E logo agora que se trava uma batalha entre estas duas instituições. Mas logo soube que embora a noticia corresse pela rede  com esse título, como se  tivessem feito uma pesquisa apenas para isso, na verdade, pelo que pude verificar  nos sites e blogs que  espalhavam isso, é que se tratava de uma pesquisa que procura mensurar o grau de confiança dos brasileiros em suas instituições. E o PIG  não estava entre os possíveis quesitos.

Só não entendi, e continuo não entendendo, é que se você for ao site do Ibope, não vai encontrar  essa pesquisa entre suas últimas notícias, aliás, em lugar algum, embora  a Globo, Veja  e suas filiais (Band, SBT etc),  dessem tanta importância para que a população (Você) , soubesse dos  estranhos números que provavelmente  retiraram  de dados de  uma outra pesquisa.

Assim,  logo resolvi a complicada equação que  me  angustiava.

Primeiro que como você pode  ver no site do Ibope, não existe nenhuma  pesquisa relacionada com esse tema central, a confiança maior  em A ou B. Depois, que provavelmente  esses  solidários  meios de comunicação,  querendo apenas informar  seus leitores,  tenham escavado  dados de outras  pesquisas para poder encontrar  este número estranho, porem, explicável. 

Afinal de contas, a população  infelizmente repete o que vê na  telinha lê  em  revistinhas e capas de jornais expostas nas bancas de jornais. E o que viram este ano, foi o endeusamento de Joaquim Barbosa, colocado como herói do Brasil. Muito poucos viram  os documentos que  nós postamos aqui, que mostravam a tramoia da dupla dinâmica  Gurgel e JB. 

E depois, viram as noticias que falavam  da ousadia deste congresso em  medir forças com seu novo herói. 

Assim...Fica  claro que  estes números, que volto a dizer, o Ibope não  se preocupou em colocar como destaque entre suas últimas noticias do site, não  tem nenhuma fidedignidade... Não  convencem  a nenhum  matemático que compreenda um pouquinho de estatísticas, pois  são respostas que foram induzidas, pela mídia.

Mas eles precisavam disso, não é mesmo... Precisavam de  um Noblat defendendo Joaquim Barbosa, dizendo que ele  sempre foi "o justo", e não queria prender ninguém de forma monocrática. ( Oras...heróis precisam de defensores?)

Precisavam amenizar os estragos  da  manobra burra do Gurgel, enganado os demais ministros, para que JB fosse o papai noel mais notado neste natal, colocando cabeças enfeitadas aos pés das árvores de natal.

Poxa, e logo agora que  estavam quase  fechando o ato  desta peça medieval, vem o Fux e ameaça fux.. tudo? 
Mas  se acreditamos em tantas coisas, em tantas pessoas que  resolvem pensar por nós, decidir por nós... Por que  não podemos  ousar ao menos questionar algumas coisas? 
Fux, aquele que fez lobby para chegar ao supremo,  disse que  não existiam provas  para o mensalão...

Oras...
Isso nós cansamos de dizer aqui!
Mas  para  o STF, ficou claro que provas, são meros detalhes... Não ajudam a dar Ibope...

O que dá Ibope é condenação!
A qualquer custo!
Assim... dentro de dados  de algumas pesquisas... 

O supremo fica bem na foto!


Sintonia Fina

Nenhum comentário: