14 de set de 2012

A face do STF: ministro perturbado e presidente pusilânime

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!


O problema  é que tem um pessoal querendo vender a idéia de que as críticas as sandices barbosianas, são em função dele ser o primeiro negro a assumir uma vaga no STF. Ou seja, se ele fosse branco, não haveria quaisquer problemas com a condenação de inocentes. Fica difícil discutir com quem tem um entendimento desses!
A verdade é que o cara é, VISIVELMENTE, perturbado; é chato, é. Mas fazer o quê? O STF tem que dar um jeito nisso. Outros ministros também condenaram réus, e nenhum deles quis comer a orelha do revisor, por causa disso. E mesmo assim, mesmo entendendo que o ministro tenha algum tipo de perturbação, ainda assim, eu afirmo que ele age de má-fé, quando arma seus barracos em plenário.
Ora, ele sabe muito bem, que os outros, mesmo Gilmar Mendes, seguram a onda em plenário. Ou seja, ele se aproveita da boa educação dos outros para dar seu show de grosseria e non sense. Ele confia, tem absoluta certeza que os outros vão ceder para não avacalhar mais ainda com a imagem do STF. Ou alguém aqui acha que Gilmar Mendes, Eros Grau, Peluso, Marco Aurélio Mello, Lewandovski, não tem/ tinham condições de mandar um cai na real, em Joaquim Barbosa?
Até o Fux, nesse julgamento já deu uma "trolladinha" básica nele. O problema é que os outros tem a real dimensão do que a Corte significa e Joaquim Barbosa, não tem a menor noção de onde está ou do que está fazendo.
É porque ele é negro? Não, é porque ele é surtado! Ainda não percebeu que a Corte é composta de 11 membros para evitar empates, o que, forçosamente, significa divergências. O cara, vai e acha que é pessoal; que se todo mundo não fechar com a tese dele é perseguição. Como se sai de uma situação bizarra dessas? Não adianta ter 11 porque como ele não aceita o contraditório e, aqui se explica o fato de, sequer, ter apreciado as defesas; não faz diferença o número de magistrados. Tem que haver unanimidade! Não havendo unanimidade, vem o papo do coitadismo;
E quanto aos réus? Algum respeito? E quanto as pares? A única "entidade" a merecer respeito naquela Corte é o relator? E em nome de quê? Por que razão eu, contribuinte, que pago os salários dos 11, tenho que apoiar o que decide ao arrepio da lei? O sujeito é um presepeiro, que ameaçou deixar o plenário, logo após a leitura do voto do revisor, alegando problemas de saúde e está bem ali firme, forte e sacudido, enchendo o saco de todo mundo, contestando e/ou dando pitaco no voto dos outros e, não satisfeito, ainda acha que são necessárias sessões extras para acelerar um julgamento que ele mesmo com seus pitacos e barracos está atrasando.
Está muito cômoda para os outros ministros essa situação em que ficou o ministro Lewandovski; todos eles mantém um silêncio, covarde, inclusive e, sobretudo o presidente porque vendem ao público a ideia de que essa é uma briguinha entre relator e revisor; o que, felizmente, não está funcionando; o que salta aos olhos é a coragem do revisor em oposição a covardia e fraqueza de caráter dos demais magistrados. Quando um magistrado diz, em cadeia nacional que o voto de um de seus pares não está sendo sóbrio e os outros se calam, estão sim, independente e sem prejuízo de seus próprios votos, tentando colaborar com um clima de hostilidade ao revisor. O silêncio dos demais é cúmplice das tonterias barbosianas.
Aos que dizem que foi Lula quem indicou a maioria dos ministros da Casa, eu digo, ainda bem que foi assim; porque é a demonstração cabal de que o governo do Presidente Lula e também da Presidenta Dilma, não pinçaram membros para favorecer seus interesses. Escolheram mal? Sem dúvida. É a pior composição da Corte? Inegável. Por outro lado, a postura dos atuais magistrados seria esperada por qualquer um de nós, independente de quem os indicou? Definitivamente, não! Um magistrado tem que ser um magistrado em qualquer situação, inclusive e sobretudo, nas piores. A culpa não é de quem os indicou e sim da soberba em aceitar uma missão para a qual jamais esteve preparado. Pelo menos, uma coisa, a gente aprendeu com esse julgamento; o tal do notável saber jurídico, afinal, não é tão notável assim...
Cristiana Castro


Sintonia Fina

Um comentário:

BRASIL ESPÉRANÇA Tadeu disse...

Eu assino embaixo deseses comentarios, alias ja tinha falado exatamente ou quase as mesmas impressoes que fiquei do Joaquim Barbosa, É CLARO que Lula nao o indicou ou lhe pediu qualquer coisa, Lula nao faria isso, o indicou para ser honesto como apresentou ser e o é, mais estar impondo seu voto aos outros e eu ja tinha falado sobre isso mesmo. Ele realmente nao aceita que os outros ministros votrem nele. Agora se ele ameaçar sair e o fizer melhor porque assim ficam no desempate e a corte vai poder respirar sossegada. Lula nao o colocou la como Fernando Henrique colocou o Gilmar Dantas, mais para que fosse um Juiz justo.O pessoal do banco rural podia ser processado por qualquer coisa menos por lavagem de dinheiro, pois o dinheiro nao veio do ilicito, ou seja de trafico de drogas, contrabandos etc. mais ele insiste eu botar todo mundo na cadeia. Ele quer realmente um lugarzinho ao sol. Parece ate o advogado de michel Jackson que disse chegou a minha oportunidade que estava esperando, e acabou se dando muito mal.