6 de jul de 2012

SERÁ SERRA INIMPUTÁVEL ?

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!

Por que Serra tem tanto poder, amigo navegante ?

A Globo se dedica ao patético exercício da omissão: finge que o Paulo Preto não foi convocado para depor na CPI do Robert(o) Civita.

Clique aqui para ler sobre a desconvocação determinada pelo Ali Kamel.

aqui para ler “Paulo Preto começa a doer”.

A Globo e o Serra ainda acreditam no ACM, já falecido, como se sabe: se o jornal nacional não deu, não aconteceu.

Essa é apenas uma amostra dos mecanismos que a Democracia brasileira oferece a um político como o Cerra: atravessar 25 anos na vida pública totalmente impune.

A Democracia brasileira oferece a Cerra mais imunidade que ao Coronel Ustra ou ao Major Curió.

Serra deixou a Secretaria do Planejamento do Governo Montoro sob a acusação de ali ter ficado rico.

Ele interveio no processo para impedir que a Justiça provasse que ele não era ladrão.

Serra se inscreve na Justiça Eleitoral como economista e não é.

Que é engenheiro e não é.

Faz dossiês contra companheiros de partido.

Montou a patranha que tirou Roseana Sarney do páreo em 2002.

Vendeu a Light e a Vale do Rio Doce a preço criminosamente baixos.

Prometeu o pré-sal à Chevron.

Participou da jestão que comprava ambulâncias super-faturadas quando Ministro da Saúde.

Deve ser um dos cérebros atrás da patranha tucana dos aloprados, que serviu para abafar o escândalo das ambulâncias.

Quem mandava no delegado Bruno, aquele que mostrou as fotos do dinheiro aloprado ao jornal nacional e à Folha e ajudou o Ali Kamel a dar o Golpe no primeiro turno da eleição de 2002 ?  

“O primeiro Golpe já houve; falta o segundo”.

(Por onde anda o delegado Bruno ? Em Miami ?)

O Robanel dos tunganos.

As concorrências fraudadas no metro de São Paulo, cujo resultado a imprensa divulga antes ?

A missão Itagiba a Minas, para desconstruir a candidatura Aécio Never ?

O que deu origem ao livro “Privataria Tucana”, onde o clã Cerra está mais sujo do que todos os mensaleiros – de Minas e alhures.

A fraude da bolinha de papel, em conluio com o Ali Kamel.

A suspeita de ter sido o “operador” da crise em torno do encontro do Nunca Dantes com o “meu presidente !”.

Por que o Fernando Henrique impediu a Polícia Federal de continuar a investigação sobre a conta dos tucanos em Cayman ?

(Que o PiG (*) deu um jeito de transformar na fraude de um dossiê dito “dossiê Cayman”.)

Por que ?

O Leandro Fortes deve saber a reposta.

E essas pistas adicionais à marginal (sic) em São Paulo, no último minuto de seu desastrado Governo – essas mesmas pistas que levam de um engarrafamento a outro ?

O que o Cavendish fazia ali, debaixo da ponte, com o Paulo Preto ?

Por que o Cerra ficou impune até hoje ?

Como suspeitava o Bierrembach – o Cerra é um dos políticos mais ricos do Brasil ?

Será que ele tem uma pinacoteca tão ampla e valiosa quanto a do Edemar ?

Alguém já viu ou é só lenda ?

O que explica essa impunidade de 25 anos ?

Ora, dirá o amigo navegante, é porque o PiG (*) o protege.

Porque o PiG (*) o elegeu “a elite da elite”.

Porque ele é a tábua de salvação da elite brasileira, especialmente a separatista de São Paulo.

O falecido “seu Frias”, herói de 1932 e da Oban, dizia a um amigo: viverei o suficiente para ver o Cerra salvar o Brasil. 

Não deu.

Em retribuição, Cerra lhe deu o nome a uma ponte. 

Por isso, o PiG finge até hoje que o livro do Amaury não foi  escrito, que o Ricardo Sergio de Oliveira é um George Soros e o “Dr Escuta” o nosso Thomas Edison.

Ou que a filha dele é a Adrianna Huffington do Alto da Lapa.

E o Pagot ? 

O Pagot vai ter que contar na CPI do Robert(o) Civita por que disse à IstoÉ que o Cerra ficava com o filé mignon das empreitagens.

Ele gosta do bom e do melhor.

Em Nova York, só vai ao Café Bouloud e se hospeda num Mercure ao lado.

Que imunidade tem o Cerra ?

Hoje, candidato a prefeito (derrotado) de São Paulo, ele tem tanta imunidade quanto o Sarkozy sobre as atribulações do ex-presidente por causa de uma privataria.

Cerra não tem imunidade mas tem impunidade.

Vale mais na Democracia brasileira.

Está mais sujo que pau de galinheiro.

E edita os telejornais da Rede Globo de Televisão.

Por que Cerra tem tanto poder, amigo navegante ?

Porque ele é uma bomba que oscila entre uma eleição e outra.

Que fez das eleições um meio de vida.

Eleição pressupõe doação, contribuição, Ricardos Sergios de Oliveira.

Ele é um Daniel Dantas.

Ele tem todos os dossiês.

Todas as contas dos tribunais (eleitorais e outros).

Ninguém toca nele.

Ele tem o máximo poder.

O Verbo !


Sintonia Fina
- com Paulo Henrique Amorim 

Nenhum comentário: