6 de jul de 2012

A ficção eleitoral que O Globo registra em suas páginas

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!



Com o título "PT em desvantagem em 9 de 10 capitais", O Globo faz futurologia numa matéria sobre a performance do partido na disputa da eleição municipal deste ano nas capitais. O jornal joga as chances eleitorais dos candidatos petistas para baixo da primeira à última palavra. Claro que a gente sabe que estes são desejos e torcida do jornal da família Marinho dentro de sua linha editorial de permanente campanha contra o partido.

Nessa empreitada que se impõe contra o PT, o jornal sequer se dá ao trabalho de explicar que o partido cedeu, fazendo acordos numa série de capitais nas quais apoia outros nomes e não sai com candidatos próprios. E que o faz por entender que a eleição de aliados em capitais como Rio, Manaus, Florianópolis, Curitiba e Aracaju faz parte do projeto nacional de fortalecer a base do governo.

Já as crises com o PSB nas capitais, ao contrário do que diz o jornal, não foram criadas pelo PT. Pelo menos em Belo Horizonte ela é de responsabilidade do senador e candidato a presidente em 2014, Aécio Neves (PSDB-MG); no Recife, do próprio presidente nacional do PSB, o governador Eduardo Campos, que avaliava como inviável a reeleição do atual prefeito João da Costa (PT); e a de Fortaleza é de responsabilidade mútua, PT-PSB.


Jornal da família Marinho faz futurologia


Sintonia Fina

Nenhum comentário: