12 de jul de 2012

AÇÕES DE COLLOR CONTRA GURGEL MARCHAM À FRENTE

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!


O recurso de Collor é importante porque resume os argumentos para apoiar a punição de Gurgel e a mulher.

Como se sabe, o Senador Fernando Collor considera que o brindeiro Gurgel prevaricou.

Considera que, pior ainda, ele fala grosso com uns e fala fino com os que têm “prerrogativas de fôro”, ou  seja, os privilegiados.

O que, para um Procurador da República, é inaceitável.

Conversa Afiada já publicou um post com as diversas representações de Collor contra Gurgel e a mulher de Gurgel, a Sub-procuradora Claudia Marques.

Agora, o amigo navegante terá a possibilidade de acompanhar não só as seis ações, mas também como tramitam no Conselho da Nacional do Ministério Público, que, em última instância, julgará Gurgel e a mulher.

Em seguida, o amigo navegante lerá o Recurso de Collor contra uma decisão por arquivamento de uma das ações, de autoria do Procurador no Distrito Federal, Carlos Henrique Martins Lima.

O recurso de Collor é importante, porque ele resume, de forma desabrida e aguda, os argumentos para apoiar a punição de Gurgel e a mulher.

Com ele, os argumentos de Martins Lima se desfazem no ar rarefeito de Brasília.

(Não deixe de ver cena estarrecedora: repórter da Globo em Brasília põe a mão no fogo por Gurgel.)
Acompanhe, amigo navegante, o que espera o Procurador, esse mesmo que vai acusar os réus do mensalão (que está por provar-se).

E que o Supremo achou sensato julgar em plena temporada eleitoral.



O recurso de Collor resume as acusações contra Gurgel.



















Sintonia Fina
- com Conversa Afiada

Nenhum comentário: