21 de jun de 2012

Quem sairá na foto com Serra?

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!



Por Altamiro Borges

A mídia demotucana, na sua linha editorial de escandalização da política, tem feito alarde com a foto de Lula, Haddad e Maluf. Ela sabe que a imagem tem forte apelo simbólico e a explora com vários objetivos: desgastar a candidatura do petista, fustigar o ex-presidente – por quem nutre um doentio ódio de classe – e estimular a cizânia entre as forças de esquerda. Além disso, a exploração do episódio serve para esconder as dificuldades vividas pela oposição demotucana, inclusive pelo queridinho da mídia, José Serra.


Os colunistas amestrados dos jornalões e tevês evitam comentar as brigas no ninho tucano e na coligação direitista fabricada para apoiar o postulante do PSDB à prefeitura de São Paulo. Não há consenso sobre o vice de Serra nem sobre a chapa de vereadores. Os demos não aceitam um vice do PSD, dos “traidores” que infernizaram o ex-partido. Já o prefeito Gilberto Kassab abusa do seu pragmatismo para viabilizar sua legenda recém-criada – que corre o risco de perder até o fundo partidário e o tempo de televisão.

Os cupins e os ratos

A briga fica ainda mais feia no debate sobre a chapa proporcional. Até ontem, a direção do PSDB não havia fechado acordo para acomodar os partidos aliados. Serra tinha prometido contemplar o DEM, o PSD e o PR na chapa de vereadores em troca do apoio a sua eleição. Mas os tucanos rejeitam o acordo. Alegam que perderiam vagas na Câmara Municipal e, pior, que dariam espaço para vereadores que traíram a legenda – apoiando Kassab contra Alckmin nas eleições de 2008, seguindo a traição de Serra.

Para os tucanos rebeldes, os partidos aliados – especialmente o PSD – são “cupins” que corroem o PSDB. Já para Serra, eles são decisivos numa eleição tão disputada. O eterno candidato até ficou irritado com as resistências internas e ameaçou abandonar a disputa – para quem já abandonou a prefeitura, rasgando um compromisso por escrito, não seria nada surpreendente. A briga prossegue até domingo próximo, data da convenção do PSDB. Com quem José Serra sairá na foto?

Em tempo: alguns nomes já estão excluídos da foto. José Roberto Arruda, o “vice-careca” dos sonhos na sucessão presidencial de 2010, está sem legenda; o ex-demo Demóstenes Torres, o “mosqueteiro da ética” da revista Veja, pode ser cassado e preso; o ex-servidor de Kassab, Hussain Aref, com seus 106 imóveis, está com os bens retidos; e o Paulo Preto... ficaria muito mal na foto.

Sintonia Fina

Nenhum comentário: