28 de jun de 2012

O DEPOIMENTO DRAMÁTICO DE UM MORADOR DA CHUÍÇA

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!

Será verdade que vivemos em uma cidade tranquila?, pergunta a amiga navegante.

O Sintonia Fina reproduz texto do Conversa Afiada.

Conversa Afiada reproduz comentário da amiga navegante Samira:

Trabalho e Moro em São Paulo. Na semana passada em meu bairro Vl Merces, dois policiais foram fuzilados na rua que da acesso ao Carrefour Anchieta, meu escritório fica na Av. Padre Arlindo Vieira V Merces, ontem passou gente na rua avisando que haveria toque de recolher as 17;00 horas. 

Minha mãe trabalha em um Posto de Saúde do Pq Bristol e uma viatura policial avisou que eles deveriam fechar e informou populares nas ruas do bairro que deveriam ir para casa , sair das ruas. 

Minha irmã é professora em uma creche do bairro e a diretoria da creche disse que receberam uma ligação que deveriam fechar pois haveria toque de recolher Todas as escolas públicas da região do Pque Bristol, Jd. caragatá, Vl. Merces, Jd. Maristela, Vl. Vermelha, Vl. Moraes, Vl Brasilina e imediações fecharam por ordem do tráfico.

As 16;30 em frente ao meu trabalho várias viaturas policiais pararam os onibus e o transito, pediram para os passageiros descerem , as pessoas na rua entraram em panico pois já sabiam dos avisos do PCC e viram tantos policiais juntos, O comércio todo do Bairro fechou, inclusive os maiores supermercados: uma loja do Ricoy e um Carrefour _ Loja Anchieta ( todas as lojas da Galeria também fecharam).

Meu pai é cobrador de ônibus da Viasul , o carro que ele trabalha deveria recolher as 23;30 , foi chamado as 20 horas para a garagem , Meu pai e vários outro trabalhadores da Viasul tiveram que ir para casa a pé as 20;30 hra pois não havia mais ônibus curculando, pois colocaram fogo em um onibus no Jd, Botucatu ontem no final da tarde.. 

Na rua, meu pai andou por cerca de 7 km para chegar em casa. O que ele viu, foram ruas vazias, as poucas pessoas eram trabalhadores voltando para casa a pé após um dia de trabalho. Bares, padarias comércio , farmácias tudo fechado. Nenhum policial ou viatura nas ruas , os moradores calados e com medo.

Depois de um dia de terror em todos esses bairros da Chuiça , os moradores extressados e amedrontados, não viram nenhuma pequena notas nos Jornais da noite e hoje ainda temos que ver o Secretário de Segurança pública dizer que não houve nada foram só “BOATOS”. Fiquei estarrecida, Teríamos eu, minha familia , meus vizinhos sido vítimas de um delírio coletivo ? Provocado talvez por maricotas fofoqueiras???? Estaremos todos delirantes ? 

Será verdade que vivemos em uma cidade tranquila, abaladas apenas p
or boatos que quem não tem o que fazer????

Sintonia Fina




Nenhum comentário: