31 de mai de 2012

Marconi manda recado: Lula vai se arrepender...


Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!




Assessores do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), vão para o Twitter "avisar" ex-presidente do risco que corre por colocá-lo no olho do furacão da CPI; próprio governador disse: País sofre com "lideranças de quinta categoria"



Vassil Oliveira  "Lula vai se arrepender amargamente de ter colocado Marconi Perillo no olho do furacão." A frase é um post na página de um assessor do governador Marconi Perillo e foi postada no meio da noite desta quarta-feira, 30, e logo em seguida retirada (mas 'printado' pelo 247). Outra mensagem postada e apagada: "Perguntinha- E se pintar pato roco nas conversas de Carlinhos Cachoeira?" A afirmação tem endereço certo: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante o dia, informações de bastidores davam conta de uma informação com origem em fontes ligadas ao governador tucano: o vazamento de informações da Operação Monte Carlo foi programado e entre as "muitas coisas" que ainda não teriam sido divulgadas estaria um protocolo da Polícia Federal sobre conversas de lulistas com Cachoeira.

Assim, sem mais nem menos, a informação circulou de boca em boca até os dois posts, publicados e apagados, que por sua vez sucederam declarações fortes do governador no final da tarde com mais tiros na direção de Lula. "Nós vivemos em um país em que algumas lideranças que se consideram acima do bem e do mal, se consideram verdadeiros deuses, não passam de lideranças de quinta categoria. Basta uma oportunidade para que as pessoas comecem a entender as coisas, a conhecer falsos líderes que se firmam na demagogia barata junto às pessoas menos esclarecidas", disparou Marconi, com endereço certo - Lula - durante discurso no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), onde entregou 52 cartões do programa Bolsa Futuro.

Segundo informação do site A Redação, o governador também afirmou que tem sido perseguido por causa de sua 'suposta relação' com o contraventor Carlinhos Cachoeira. "A pior coisa do mundo não é a pobreza financeira. É a pobreza de espírito daqueles que nutrem ódio contra as pessoas. Daqueles que querem se perpetuar no poder a qualquer custo. Aqui em Goiás somos um povo livre", falou, ele que está no terceiro mandato de governador. Lula, vale lembrar, ficou dois mandatos no Poder.

Reação em cadeia, ou melhor, em rede, o secretário de Articulação institucional do Governo do Estado de Goiás, Daniel Goulart, também tratou de mandar recado no tuíter. Ao retuitar informação de um blog sobre um possível racha entre PT e PMDB na CPI, ele tascou: "Estão com medo das verdades de @marconiperillo". Ou seja: se a CPI está perdendo o controle, foi porque Marconi acabou convocado e vai falar "verdades".


O dia, portanto, foi de insistência na estratégia já revelada pela Blogosfera(SF):  a de apresentar Marconi como vítima de Lula


Sintonia Fina

Nenhum comentário: