8 de mai de 2012

A imprensa(PIG) ofende a democracia.

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!



A imprensa brasileira não consegue aceitar o novo, o avanço, está sempre presa ao status quo temerosa de perder poder e com isso fica contra o povo brasileiro.

Não gostou de Brasília porque traria e trouxe o progresso para o interior do Brasil, vide Fernando Rodrigues, colunista tacanho e ignorante, não gostou das cotas e, principalmente, não gostou da libertação dos escravos e nunca ajudou os negros, que até hoje vivem em sua maioria em favelas.

E ainda temos que ler que não somos racistas. A imprensa brasileira é essa que esconde a corrupção na revista Veja, que ataca os governos do PT, inclusive com mentiras sobre bolinha de papel atirada no candidato Serra, onde teve até especialista em som e imagem para provar o atentado.

É uma imprensa que não pede desculpas, que se acha acima do bem e do mal, mas que no íntimo, no fundo, precisa de uma revisão geral nos seus métodos fascistas de manipulação da notícia. A imprensa brasileira por tudo que ela fez, não pode ser considerada brasileira.
Essa imprensa foi contra o PAC, o ProUni, o bolsa família, é contra as hidroelétricas necessárias ao desenvolvimento do país, luta desesperadamente contra a Copa 2014 e se prepara para atacar as Olimpíadas 2016.

Passa os dias a elogiar os estrangeiros, suas obras são magníficas, diz a imprensa, mas quando o Rio de Janeiro melhora o seu metrô, democratiza o seu transporte coletivo, o jornal O Globo nos traz reportagens sobre os problemas de trânsito por causa das obras para melhorar o próprio trânsito. A imprensa brasileira é aquela que esconde os seus próprios crimes em nome da liberdade de imprensa pela qual muitos deram suas vidas na esperança que a democracia trouxesse a verdade para os brasileiros.

A imprensa do nosso país ofende a democracia.


Sintonia fina
- com Aposentado

Nenhum comentário: