1 de mai de 2012

Brizola Neto e a “jornalistinha”

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!


Por Altamiro Borges
Boa parte da mídia está histérica com a nomeação de Brizola Neto para o Ministério do Trabalho. Mas o artigo mais asqueroso até agora é o da colunista da Folha, Eliane Cantanhêde, aquela da “massa cheirosa” do PSDB. Já no título, ela revela todo o seu baixo nível e arrogância: “Ministrinho e tijolaços”. O texto não é o de uma jornalista, mas sim de uma militante direitista rancorosa.


Todo ele tenta desqualificar o indicado, quase que já deflagrando uma nova operação “derruba-ministro”. Para ela, Brizola Neto tem apenas duas credenciais para ocupar o cargo. “O sobrenome, herdado de um ícone do trabalhismo brasileiro e da luta contra a ditadura militar, e o blog ‘Tijolaço’, em que se ocupa de xingar todos os críticos do governo e alimentar a ira contra a imprensa”.
 
Avessa à liberdade de expressão

Cantanhêde não tolera o trabalhismo nem as visões críticas sobre a mídia patronal. Para ela, o Ministério do Trabalho não serve para nada. “Como o mundo, o Brasil e as relações trabalhistas evoluíram tanto, a pasta se tornou quase tão desimportante quanto a da Pesca”. Ela poderia falar isto para os trabalhadores escravos que produzem para o Zara, a Daslu e outras lojas de luxo - que possivelmente frequenta!

O artigo confirma que Cantanhêde é avessa a liberdade de expressão; ela só aceita replicar o que os seus patrões mandam! Daí a sua fúria contra Brizola Neto e seu blog Tijolaço. Autoritária, ela aconselha “o novo ministro a não sair infantilmente distribuindo tijolaços por aí, pois podem ter efeito bumerangue e se virar contra o governo que ele julga defender”. 
 
A “jornalistinha” é realmente muito infantil e petulante!


Sintonia Fina

Nenhum comentário: