27 de abr de 2012

Perillo na Privataria Tucana, no mesmo paraíso fiscal da filha de Serra.

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!



A deputada federal Iris de Araújo   (PMDB-GO) solicitou ao Ministério da Fazenda que o COAF investigue a existência de contas bancárias do governador Marconi Perillo (PSDB-GO) no exterior.

Essas suspeitas vem desde 2006, quando o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) candidatou-se a governador de Goiás rompendo com Marconi Perillo (PSDB), e fazendo campanha de oposição à ele, inclusive com forte denuncismo.
Nesta época circulou em Goiás um dossiê apócrifo contendo movimentações financeiras em nome de uma offshore sediada nas Ilhas Virgens Britânicas, da qual Perillo seria um dos dirigentes.

Segundo o Piguento
portal 247, agora se sabe que o referido dossiê foi preparado por um araponga de Cachoeira.

O paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas é o mesmo onde a filha de José Serra, o genro, e o ex-caixa de campanha do tucano, Ricardo Sérgio de Oliveira, movimentaram dinheiro em empresas offshore, conforme demonstrado no livro "A Privataria Tucana".


No início de 2010,
o gabinete do promotor goiano Fernando Krebs (do Ministério Público Estadual de Goiás), também recebeu denúncias de contas ilegais no exterior supostamente em nome de Paulo Silva de Jesus, que era primeiro suplente de Marconi Perillo no Senado. O dinheiro seria proveniente de desvios na CELG (companhia estadual de eletricidade). Um Procedimento Investigatório Criminal foi instaurado, e desde então não há mais notícias.


Sintonia Fina
- com Amigos do Lula

Nenhum comentário: