18 de abr de 2012

Não adianta o PIG mentir. "Mensalão" só prescreve em 2015, e Serra colocou em pauta a Privataria Tucana

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!

Jornalistas do PIG tem dito, e até ministro do STF muito amigo de demotucanos tem deixado correr a versão de que se não julgar o "mensalão" pra ontem, prescreve.

 Alguns ministros do STF já afirmaram que o risco de prescrição não existe e que a ameaça é falsa e usada simplesmente para pressionar a Corte. O ministro Lewandowski, um dos quais a imprensa mais coloca a faca no pescoço, afirma que a prescrição só ocorreria em 2015. Para quem for condenado a penas baixas pelo crime de quadrilha, inferiores a dois anos, a prescrição teria ocorrido no ano passado, conforme ministros.

Que o STF julgue o mensalão na hora que bem entender, seria até bom julgar logo, para os inocentes esfregarem a sentença "nas fuças" de colunistas do PIG, e até para dimensionar o papel e responsabilidade de cada envolvido, acabando de vez com essa novela fantasiosa que criaram sobre o chamado "mensalão".

O que não dá para aceitar é a imprensa demotucana mentir para pautar o país e o judiciário com mero interesse eleitoreiro para eleger José Serra prefeito de São Paulo e fortalecer o projeto demotucano 2014.

Detalhe: a candidatura de Serra acaba de entrar em rota de queda, quando o próprio demotucano trouxe para dentro da campanha a PRIVATARIA TUCANA.

Pressionado por seus ex-eleitores que se mostram decepcionados no twitter com as revelações do livro, e pelos marqueteiros tucanos sabedores que o assunto virá à baila, o tucano finalmente resolveu abrir um processo chinfrim de indenização contra Amaury Ribeiro Jr, o autor, que disse não ver chances do processo vencer, e que vai e trazer subsídios para escrever o Privataria Tucana II.

Agora que o próprio Serra colocou em pauta o livro, a velha imprensa vai ser obrigada a falar do assunto.

Sintonia Fina
- com Amigos do Lula 

Nenhum comentário: