30 de abr de 2012

Cachoeira ameaçou romper aliança com PSDB

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!


Escutas da Polícia Federal mostram que, em meados de 2011, contrariado com a perda de contratos da Delta no entorno do Distrito Federal, Carlinhos Cachoeira ameaçou romper a aliança que dizia ter com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Avisado por um interlocutor de ambos, Marconi tentou marcar uma audiência privada com o contraventor para resolver o impasse. Os diálogos, gravados pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo, ocorreram em julho. Após afirmar, em discurso, que iria acabar com o monopólio da Delta, Marconi provoca a ira de Cachoeira e de Demóstenes Torres, que o chamam de "vigarista" e asseguram que jogarão duro com ele.

"Os caras têm que mandar um recado duro pra ele. Manda o Edvaldo (Edvaldo Cardoso, ex-presidente do Detran) entregar o cargo, que ele (Marconi) vai ficar doido... Esse cara não tem jeito, não. Ele cada hora fala um trem, pô", afirma Demóstenes na conversa com Cachoeira. Dias depois, Marconi manda dizer a Cachoeira que houve um mal-entendido.

Sintonia fina
- com Amogos do Lula

Nenhum comentário: