19 de mar de 2012

Alckmin inventa 'pedágio sobre o IPVA' para custear ciclovias

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!


Está tornando-se insurpotável aturar essa Tucanalha



Paulistas donos de carros a gasolina escondam suas carteiras quando um tucano passar por perto!

Baixou o espírito do Zé Pedágio no Secretário estadual do Meio Ambiente Bruno Covas (PSDB), agora que José Serra (PSDB) se lançou candidato a prefeito da capital.


Bruno Covas reuniu 18 membros do Conselho Estadual do Meio Ambiente para lançar e aprovar a proposta de criar uma "ciclotaxa" a ser paga pelos 4,2 milhões de donos de carros a gasolina no estado, para incentivos ao
 uso da bicicleta.

A "inventiva" proposta é uma espécie de pedágio sobre o próprio pagamento do IPVA. 

O motorista paulista já paga um dos IPVA's mais caros do Brasil, e na guia de pagamento já viria incluído um "pedágio" extra de R$ 15,00 a R$ 25,00 para incentivo ao uso da bicicleta.

Segundo a versão noticiada pela Folha tucana, o secretário do governador Alckmin (PSDB) foi "bonzinho" ao "só" cobrar a taxa dos 4,2 milhões de carros à gasolina, porque são mais poluentes.

Para a taxa vigorar, Alckmin precisa enviar projeto de lei à Assembleia Legislativa. Como é ano eleitoral, as apostas são de que o governador dissimulará até passar as eleições, só tomando a iniciativa no final do ano, quando todos estiverem distraídos com as festas natalinas.

Por que Alckmin não enfia essa ciclotaxa no... ... lucro das concessionárias de pedágios, cujos lucros exorbitantes cresceram com a proliferação de praças de pedágios, fechando o cerco sobre os motoristas por todos os lados, durante a gestão de José Serra?
Sintonia Fina

Nenhum comentário: