13 de fev de 2012

Serra está num mato sem Kassab

Saiu na Folha (*):

Lula quer antecipar aliança oficial com Kassab para março


Pelo calendário, decisão só poderia ser tomada em junho, mas ex-presidente quer diluir rejeição de petistas ao PSD. Pré-candidato do PT em SP, Haddad afirma, porém, que unidade partidária é mais importante que aliança


NATUZA NERY
- CATIA SEABRA

DE BRASÍLIA


O ex-presidente Lula quer antecipar para março a aliança eleitoral do PT com o prefeito Gilberto Kassab (PSD).


Pelo calendário oficial, essa decisão sobre quais partidos integrarão a chapa de Fernando Haddad à prefeitura só ocorreria em junho.


Debaixo de um coro de “ei, Haddad, não queremos o Kassab”, o pré-candidato do PT disse na noite de sábado que a unidade interna do PT é mais importante do que eventual aliança a Kassab. “Eu disse a ele [Kassab] que o patrimônio que tenho pra disputar essa eleição é o PT unido. (…) Temos que ter a clareza de que esse patrimônio precisa ser preservado antes de qualquer outro.”


As negociações entre PT e PSD aguardam ainda a definição no campo tucano, já que a possível candidatura de José Serra levaria Kassab à sua chapa.


Ontem, um dos pré-candidatos do PSDB, Bruno Covas, afirmou que os rumores de que Serra poderia se lançar não passam de “fofocas”. 

 

Sintonia Fina

-Conversa Afiada

Um comentário:

Espaço Cultural Corisco Mix disse...

Sou contra essa aliança, não podemos confundir o eleitor paulista, nos misturar. Como mostraremos a diferença? Nem tudo que o Lula quer, significa o certo a fazer. Corre-se o risco de não termos militantes e simpatizantes nas ruas. É fácil fazer campanha pela TV, quero ver é olho no olho do eleitor, explicando o inexplicável, convencendo sem crer na aliança. A cidade de São Paulo deu a Kassab 40% de rejeição e é o PT quem dará sobrevida a ele e ao partido dele? Sinceramente não entendi essa jogada.