14 de fev de 2012

Sequela do conluio Alckmin e Justiça em Pinheirinho: Aluguel social não paga aluguel de imóvel

O déficit habitacional criado pela demolição das mais de 1,6 mil casas que ocupavam o terreno do Pinheirinho (a 97 km de São Paulo) ainda é um impasse. “Visitei uma casa de só um cômodo e queriam me cobrar R$ 700,00 pelo aluguel”, conta Pedro Lopes*, ex-morador da comunidade. 
 
Ele faz parte das 195 famílias que continuam nos ginásios poliesportivos cedidos temporariamente pela prefeitura de São José dos Campos, quase três semanas depois da operação de reintegração de posse. 
 
O governador Geraldo Alckmin anunciou um auxílio emergencial para aluguéis de até R$ 500 mensais, mas a quantia esbarra no valor alto dos apartamentos, na necessidade de fiador e no limite de três salários mínimos para a renda familiar dos desabrigados.
 
 
Sintonia Fina
-Dilma

Nenhum comentário: