22 de fev de 2012

Generais de pijama defendem torturadores. Erundina neles!

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!

Erundina e Fábio Comparato são a 1/2 que faltar
Saiu na Folha:

 

Dilma é alvo de militares por opinião de ministras


 

Nota foi publicada após frases sobre ditadura


DE BRASÍLIA


Em nota conjunta, clubes das três Forças Armadas, que representam militares fora da ativa, criticaram a presidente Dilma Rousseff por ela não ter demonstrado “desacordo” em relação a declarações de ministras e do PT sobre a ditadura (1964-1985).


Segundo o texto, do dia 16, “ao completar o primeiro ano do mandato, paulatinamente vê-se a presidente afastando-se das premissas por ela mesma estipuladas” no início de seu governo, quando Dilma disse que não haveria “discriminação, privilégios e compadrio” em sua gestão.


A nota, antecipada ontem pelo “Estado de S. Paulo”, cita três declarações. A da ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos) ao “Correio Braziliense”, segundo a qual a Comissão da Verdade pode levar a responsabilização criminal de agentes públicos, a despeito da Lei da Anistia.


Outro alvo dos clubes foi a ministra das Mulheres, Eleonora Menicucci, que “teceu críticas exacerbadas aos governos militares e, se autoelogiando, ressaltou o fato de ter lutado pela democracia”.


Sintonia Fina
-Conversa Afiada

Nenhum comentário: