16 de nov de 2011

Sete perguntinhas sobre a Rocinha que a Globo não responde




A Globo agora resolveu transformar a Rocinha num theme park.


Uma Disneylandia.


Daqui a pouco fará um reality show com a moderação do Bial.


Antes, a Globo defendia a remoção das favelas do Rio, como nos bons tempos do Carlos Lacerda.


O prefeito Eduardo Paes chegou a acenar com umas remoções, para acalmar os filhos do Roberto Marinho – levar os pobres para bem longe.


Ia ser difícil.


Melhor foi fazer a UPP e tornar a favela irreversível.


Na derrota, a Globo vai em busca dos vitoriosos – os moradores da Rocinha.


Mas, este ansioso blogueiro não resiste a fazer umas perguntinhas.


Que a Globo provavelmente não quer responder.


1) Nem disse que 50% da grana ia para policiais – quem ? ;


2) Edu, caixa do Nem, tem um notebook com o nome dos clientes – cadê o note book do Edu ? Que nomes estão lá dentro ?


3) Por que a delegacia de Maricá queria levar o nem para Maricá, que fica 60 km fora do Rio ?


4) Por que o Beltrame quer tanto que o Nem se beneficie da “delação premiada” ?


5) Quem são e onde estão os PMs que iam dar fuga a um dos traficantes ?


6) Qual a garantia de que não vão queimar o arquivo e matar o Nem na cadeia ?


7) Por que a Polícia só distribui as imagens à Globo e, não, numa entrevista coletiva a todos os cidadãos ?




Sintonia Fina - Convesa Afiada

Um comentário:

IÓ NA TERCEIRA IDADE disse...

São perguntas difíceis de saber a resposta com real verdade.