17 de nov de 2011

A entrevista-fantasma da petroleira-fantasma





Hoje, o Blog da Miriam Leitão consegue mais uma proeza jornalística.

Publica uma “entrevista” com um ente inumano: uma empresa.


Vejam: não é uma entrevista com o presidente da empresa, com o diretor da empresa, sequer com o porta-voz da empresa.


É com “a empresa”, assim mesmo, a “a empresa”.


A empresa fala, com travessão, aspas, personificada, mas sem um nome e um sobrenome.


É mais uma conquista do jornalismo pátrio.


A empresa “fala”, “afirma”, “diz”. Fez-me lembrar o ginásio e a luta para aprender o que era prosopopéia, a figura de linguagem que empresta características humanas a seres inanimados.


Atenção estudantes de comunicação: se vocês não aprenderem lá o que é jornalismo, vão, ao menos, aprender o que é prosopopéia.


Sintonia Fina - Tijolaço

Nenhum comentário: