2 de set de 2013

O que é jornalismo corajoso



"Dias atrás, Míriam Leitão defendeu Joaquim Barbosa de um ataque – inusualmente corajoso, aliás – de Noblat. (Noblat é experiente o bastante para saber que mais um prova de independência dessas e sua vida na Globo fica dramaticamente ameaçada.)



Míriam sabia que os Marinhos ficariam felizes com sua defesa de JB. Logo, coragem só teria havido se ela reforçasse os pontos levantados por Noblat contra as grosserias de JB.

O que Míriam fez é um exemplo acabado  de “jornalismo chapa branca”. 

Mas, como numa ação de merchandising, o leitor pode ser enganado e achar que ela demonstrou grande coragem." 

E o que é o jornalismo falsamente corajoso.

Muitas vezes leio o seguinte comentário num texto de articulistas da grande mídia: “Como você foi corajoso!”

Quase sempre a alegada coragem é uma pancada no governo.
Pois então eu gostaria de discutir o que é coragem no jornalismo contemporâneo.
Bater no governo, em democracias, não traz risco nenhum. Portanto, não implica, também, bravura.

Uma coisa seria criticar Pinochet. 

Outra é criticar Dilma.

A Sintonia Fina - @riltonsp
No Causa-me Especie

Nenhum comentário: