14 de jun de 2013

AS MANIFESTAÇÕES E A HIPOCRISIA DA GLOBO (E DO PIG)



Por Paulo Henrique Amorim

Foi um dos momentos sublimes do Jornalismo Contemporâneo Brasileiro:

“Imagina na Copa !” – foi a reação estupefata de uma âncora (?) do 
Mau Dia Brasil, ao fim de uma reportagem sobre as manifestações na 
cidade de São Paulo, na noite de quinta-feira.



Imagina na Copa !

Tomara que o circo pegue fogo de vez !

O comportamento do PiG (*) e, especialmente da Globo, é a hipocrisia 
que simula o serviço público.

Funciona assim.

Vamos dar máxima cobertura à manifestações.

Vamos informar o nosso distinto público.

Vamos ser fiéis aos contratos de concessão que deram aos nossos 
patrões o direito – provisório – de explorar o espectro magnético que 
pertence ao povo brasileiro.

E vamos aproveitar para adensar a crise, fomentar a crise, espalhar a 
crise nacionalmente, com a nossa velha tecnogolpia e construir uma 
Primavera Árabe.

Temos que transformar São Paulo numa Istambul.

Botar o circo para arder.

Sangue !

Desconstruir o prefeito petista, e com ele, no mesmo desmoronamento, 
soterrar a Dilma.

Simples assim.

Por que o Mau Dia Brasil voltou ao vivo, tantas vezes, nesta manha 
de sexta-feira, para os lugares da cidade onde, naquele momento 
não acontecia absolutamente nada ?

Para rememorar, repisar as cenas da noite anterior, interminavelmente.

É a mão de gato do PiG (*).

E da Globo.

Imagina na Copa !

Em tempo: amigo navegante liga consternado para falar de 
uma repórter da Folha (**) que foi atingida por uma bala de borracha 
abaixo do olho direito. Observou ele: a repórter deveria acionar 
judicialmente a própria Folha. Na véspera, num editorial, a Folha disse: 

- a reivindicação não passa de um pretexto;
- pretexto dos mais vis;
- o irrealismo da bandeira tem a intenção oculta de vandalizar;
- é um grupelho;
- manifestantes são marginais e sectários;
- é hora de por um ponto final nisso !

Parece um daqueles editoriais da Folha da Tarde, nos bons tempos 
do “seu” Frias.

SINTONIA FINA - @riltonsp  

Nenhum comentário: