5 de abr de 2013

DILMA: "VAMOS DAR UM SHOW DE BOLA PARA O MUNDO"


Durante a inauguração da Arena Fonte Nova, em Salvador, presidente ressaltou que "o Brasil de 2013 é um país radicalmente diferente daquele que viveu a copa de 1950", pois hoje "somos uma democracia que cresce e que compartilha os frutos das conquistas com o povo"; Dilma Rousseff anunciou R$ 1 bilhão para o transporte na capital, disse ter um "carinho especial" pela Bahia e que nunca se esqueceu dos votos dos baianos e dos soteropolitanos...



Romulo Faro e Gisele Federicce – Demonstrando um "carinho especial" pela Bahia, a presidente Dilma Rousseff (PT) tirou os sapatos e deu o primeiro chute dentro da Arena Fonte Nova, inaugurada nesta sexta-feira 5, em Salvador. Batizado como Complexo Esportivo e Cultural Octávio Mangabeira (sem o nome da Itaipava), este é o terceiro estádio da Copa das Confederações a ficar pronto, sendo o primeiro a ser construído do zero, uma vez que foi derrubado.
"Vamos dar um show de bola para o mundo. O Brasil de 2013 é um país radicalmente diferente daquele que viveu a copa de 1950. Hoje somos uma democracia que cresce e que compartilha os frutos das nossas conquistas com o nosso povo e a Arena Fonte Nova é mais uma contribuição da Bahia para a construção do nosso orgulho nacional", declarou a presidente num discurso iniciado com uma quebra de protocolo para seus cumprimentos aos trabalhadores e às mulheres operárias, "guerreiras que estão ajudando a mudar o Brasil".
Dilma destacou ainda o formato de ferradura no estádio, segundo ela, uma prova de criatividade do povo baiano. "Essa construção é única e mostra, sem dúvida, o espírito e a criatividade do povo dessa terra". Ela acrescentou que dá orgulho, como presidente da República, "olhar para esse estádio e ver que estamos superando as expectativas. Somos o país conhecido como insuperável dentro de campo e estamos mostrando que somos insuperáveis fora de campo".
Investimentos
Destacando a importância do acordo feito entre o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), com relação ao metrô da capital (leia mais), a presidente disse que o governo federal está "empenhado" a acompanhar de perto essa questão, que já se arrasta por mais de 12 anos. Em seguida, anunciou R$ 1 bilhão para a construção de um sistema integrado de transporte.
"Sempre nos empenhamos, desde o governo passado, para resolver as linhas 1 e 2 do metrô. E vamos ajudar o Wagner e o ACM Neto a construir um sistema integrado de transporte para dar uma vida melhor ao povo de Salvador, a vida que esse povo merece". A verba será usada na construção de vias estruturantes que vão ligar a BR 324 até a Avenida Paralela, que possui a maior circulação de veículos na cidade. A presidente também destacou a boa relação entre o governo de Wagner com o prefeito ACM Neto.
Estavam na inauguração os ministros do Esporte, Aldo Rebelo, da Justiça, José Eduardo Cardozo, Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, e o recém-empossado ministro dos Transportes, o baiano César Borges. Os senadores Walter Pinheiro (PT-BA) e Lídice da Mata (PSB-BA) também prestigiaram a inauguração.

SINTONIA FINA - @riltonsp

Nenhum comentário: