1 de mar de 2013

No Rio, Dilma inaugura primeira etapa de fábrica de submarinos


Unidade está instalada na Base Naval de Itaguaí e faz parte de parceria entre o Brasil e a França, que prevê a fabricação de cinco equipamentos - quatro de propulsão diesel-elétrica e um nuclear

Agência Brasil
 
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff inaugura hoje (1°), no Rio de Janeiro, uma unidade de produção de estruturas metálicas, primeira etapa para a construção de submarinos. A fábrica está instalada na Base Naval de Itaguaí e faz parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

O programa é uma parceria entre o Brasil e a França e prevê a fabricação de cinco submarinos: quatro convencionais – de propulsão diesel-elétrica – e um com propulsão nuclear, segundo o Ministério da Defesa. Os equipamentos serão produzidos com tecnologia nacional, por técnicos treinados na França. O primeiro dos quatro submarinos convencionais deverá ser entregue em 2015. O prazo para a entrega do submarino nuclear é 2023.

Além da Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (Ufem), que será inaugurada hoje, o Prosub prevê a construção do estaleiro e da base naval que abrigará os submarinos. O investimento nessas etapas será R$ 7,8 bilhões, com desembolsos até 2017.

Dilma vai inaugurar ainda o Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador. À noite, participará da abertura do Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá. O museu é parte do projeto de revitalização da zona portuária da cidade.

Sintonia Fina

Nenhum comentário: