5 de mar de 2013

GEISEL, O DEMOCRATA, FINANCIOU PINOCHET


Historialismo é assim: Geisel e Golbery acabaram com o regime militar quando lhes deu na telha.

Saiu na Folha (*), cujas camionetes transportavam os torturadores do DOI-CODI: 

REGIME MILITAR DEU AJUDA FINANCEIRA A PINOCHET


MATHEUS LEITÃO
RUBENS VALENTE 
DE BRASÍLIA
 

Documentos secretos do gabinete dos ex-ministros das Relações Exteriores revelam que a ditadura brasileira (1964-1985) deu uma ajuda financeira de US$ 115 milhões à ditadura chilena do general Augusto Pinochet, que assumiu o poder após golpe de Estado no Chile, em 1973.

Tratando os créditos como “empréstimos a termos especialmente favorecidos”, os papéis enviados do Itamaraty ao Conselho de Segurança Nacional afirmam que o dinheiro era “para o reequipamento” do Exército do Chile.

Uma exposição de 9 de novembro de 1978 endereçada ao ex-presidente Ernesto Geisel pelo general Gustavo Moraes Rego Reis, secretário-geral do Conselho de Segurança Nacional, diz como foram divididos os pagamentos.

SINTONIA FINA
- com Conversa Afiada

Um comentário:

Teresa Barbosa disse...

E o povo acredita que pressão social sobre o Regime Militar é que pois fim a ditadura è o mesmo que acreditar que o impeacheman de Collor foi por conta dos caras pintadas. Mal sabem que eles são criação da Rede Globo.