10 de fev de 2013

MIRIAM Urubu-rei LEITÃO ATACA JOSÉ SARNEY, MAS POUPA ROBERTO MARINHO




É de conhecimento público que as ORGANIZAÇÕES GLOBO cresceram durante a DITADURA MILITAR que se instalou no BRASIL após o GOLPE de 1964, e de forma arbitrária e antidemocrática se manteve no poder até 1985. Público e notório que GLOBO e Militares golpistas sempre se deram muito bem, se ajudando e caminhando durante longos anos de braços dados. Enquanto alguns jornalistas eram presos, torturados e alguns mortos, e enquanto redações de determinados jornais eram invadidas, O GLOBO e a TV Globo cresciam, sem dizer uma palavra contra o que acontecia, passando incólume por qualquer tipo de perseguição, e ainda fazendo propaganda dos 'feitos' dos governos durante o REGIME que prendeu, arrebentou, torturou e matou muita gente.

Ainda hoje, fruto da farra de concessões de canais de RÁDIO E TV, a Globo é parceira de alguns políticos ou seus descendentes, que prestaram relevantes serviços à DITADURA. O fato se dá na extensa cadeia de emissoras "afiliadas".

Muito do que a Jornalista Miriam Leitão escreve em sua coluna de hoje no Jornal O Globo sobre José Sarney pode ser considerado verdadeiro. Mas, nenhum de nós ouviu ou leu, qualquer crítica a chapa de FHC/PSDB que teve o maior capacho dos militares, MARCO MACIEL, do antigo PFL ex-ARENA /PDS e atual DEM, como seu vice-presidente da REPÚBLICA.

DONA MIRIAM deveria pensar bem antes de criticar SARNEY por suas ligações com a DITADURA MILITAR, visto que, POR TABELA, ainda que por covardia não cite o nome, o seu ex-patrão (ROBERTO MARINHO) e pai dos seus atuais patrões, OS FILHOS DE ROBERTO MARINHO, como bem diz o blogueiro do CONVERSAAFIADA, eles parece que não tem nome próprio, foi muito mais servil e dócil, e se beneficiou muito da amizade com os DITADORES. 

Dona Miriam deve lembrar sempre que, a ORGANIZAÇÃO de COMUNICAÇÃO em que ela trabalha, só existe, ao menos com o porte e "poder" que possui, por ter no MÍNIMO sido OMISSA aos desmandos da DITADURA MILITAR DE 1964.


Sintonia Fina
- via 007bondeblog


Nenhum comentário: