17 de ago de 2012

Mello diz que Barbosa afeta imagem do STF

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!

MINISTRO MARCO AURÉLIO MELLO CONDENA PUBLICAMENTE ATITUDES DE JOAQUIM BARBOSA E AFIRMA QUE SUA INTRANSIGÊNCIA JÁ COMPROMETE A CREDIBILIDADE DA CORTE; RELATOR DO PROCESSO PRETENDE APRESENTAR SEU VOTO DE MANEIRA FATIADA, ENQUANTO DEMAIS MINISTROS DEFENDEM QUE ELE SEJA COLOCADO NA ÍNTEGRA

Agência Brasil
Brasília – O ministro Marco Aurélio Mello criticou ontem (16), no final da sessão do Supremo Tribunal Federal (STF), a conduta do relator Joaquim Barbosa na condução do julgamento do mensalão. Para Marco Aurélio, há “falta de compreensão” de Barbosa sobre o impasse envolvendo a metodologia de voto, o que está comprometendo a própria imagem da Corte.
“O que esta em jogo é a instituição. Será que não seremos capazes de chegar a esse consenso?”, disse o ministro. Marco Aurélio defende que o relator leia seu voto por inteiro, seguido pelo revisor, e, não, de maneira fatiada, por capítulos, conforme propôs Barbosa. “Não cabe apreciação em doses homeopáticas, cada qual escolhendo o seu remédio”, resumiu Marco Aurélio.
Perguntado se sabia o motivo de Barbosa ter começado seu voto com as acusações contra o deputado federal João Paulo Cunha, o ministro disse que o relator poderia ter começado a partir de onde quisesse, desde que tivesse continuado seu voto até o final. “Agora, a partir do momento que ele não esgota, que ele aborda certas imputações consideradas a esses ou aqueles acusados, fica no ar qual foi o critério estabelecido”.
Marco Aurélio também disse que não considerou uma ameaça a declaração de Barbosa aventando a hipótese de não conseguir acompanhar o julgamento até o fim caso os ministros apresentassem o voto por inteiro, incluindo todos os réus de uma vez só. “Seria algo superextravagante, e eu raciocínio com o ordinário. Espero de todos a postura que eu teria integrando o colegiado e atuando como relator”. Mais cedo, Barbosa advertiu que se a metodologia dele não fosse seguida, o Tribunal corria “o risco de não ter o relator ao final”.

Sintonia Fina

Um comentário:

Unknown disse...

Aqui tem 2 trabalho do Mensalão Explicados

1- http://www.youtube.com/watch?v=Y1QmbPjGn6U&feature=related


2- http://www.youtube.com/watch?v=Qy71qBKaIPE


MENSALÃO É O JULGAMENTO, MÍDIA E JUDICIÁRIO JULGADOS.

Ninguém poderia imaginar, é Deus do Céu testando.
Eles queriam crucificar, e a batata ta na mão assando.
É de mentira o momento, dos mentirosos consagrados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Tanto fizeram e estrearam, e como vão se explicar.
Eles criminalizaram, não terão coragem de confessar.
Era Vitória antes do tempo, infelizes já condenados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Sr. Juiz ou o apresentador, do Tribunal ou Televisão.
Seu Trabalho como orador, agora diante da reparação.
Ao humilhado o alento, pro caluniador fardos pesados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Era na Rádio e no Jornal, animados com divulgação.
Os Verdadeiros caras de Pau, julgamento presentão.
Acusação todo tempo, os réus já estavam condenados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
O Que essa Mídia vai dizer, que esses Juizes vão falar.
O que terão de fazer, pra outro teatro desse não formar.
Farsa sem comedimento, como pagar os prejudicados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Terrível a televisão, Novelas e tudo pra adestrar.
Obscuridade alienação, o embrutecer e desumanizar.
Formar opinião e intento, e imitantes serem louvados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Marcos Valério absolvido, Jefferson tirou acusação.
Aquele dinheiro apreendido, Cachoeira deu pra ação.
Sem confissão e arrependimento, só réus prejudicados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Querem mundo de farsa total, de toda prova invalidar.
O que conta é o Jornal Nacional, o resto é pra anular.
Todo mundo já ta sabendo, pela Blogsfera informados.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.
.
Crime imundo encomendado, todo mentira e insinuação
Serviram-se dele um bocado, Se tornou uma Maldição.
Uma arma todo tempo, de Prazo e validade adulterado.
Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

Azuir Filho e Turmas de Amigos: do Social da Unicamp, Campinas, SP,de Rocha Miranda, Rio de Janeiro, RJ e de Mosqueiro, Belém do Pará.