12 de ago de 2012

Documentos da Ação Penal 470 - Mensalão

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!



Provas cabais e contundentes da inocência de Henrique Pizzolato nos levam a pensar... Por que mesmo tendo estas provas nas mãos , Gurgel o IGR (Inquisidor Geral da República) quis incriminar um inocente?
Se você assistir ao vídeo aqui, você começara a entender melhor as provas contundentes na mensagens e imagens dos documentos que se seguem provando a inocência de Henrique Pizzolato.
Continuando... O Comp@ Alexandre Cesar Costa Teixeira disponibilozou na página do Cidadania Plena no Facebook as seguintes provas da inocência de Henrique Pizzolato Abaixo o link para download do depoimento de Otavio Florisval http://www.4shared.com/office/G4TOyyOT/Vol_140_pg30-40_depoim_Otavio_.html? POR RECOMENDAÇÃO DE MEU AMIGO HENRIQUE PIZZOLATO envio-lhe a mensagem abaixo:
a principal acusação contida na "denúncia" que a PGR faz a Henrique Pizzolato na AP 470, em curso no STF, é a de ter sido o "pagador" que DEU o dinheiro "público" à empresa do publicitário Marcos Valério.
O valor que está na "denúncia" contra Pizzolato é exatamente o mesmo da soma total das notas que seguem em anexo.
Em que pese o significado em mídia da avalanche que foi endereçada a Pizzolato, a mais cristalina REALIDADE é que a "denúncia" é INVERÍDICA.
1) a VISANET é uma empresa PRIVADA, portanto NUNCA se poderia falar em recurso "público";
2) a VISANET efetivamente depositou recurso de seu próprio fundo nas contas da empresa DNA de Marcos Valério;
3) Henrique Pizzolato NUNCA teve qualquer ingerência na empresa VISANET;
4) As ordens do Banco do Brasil para a VISANET pagar a empresa DNA comprovam (segue anexo) o que aqui é afirmado pois são outras pessoas que o fizeram;
5) A questão dos BV´s (bônus de volume) são enfaticamente esclarecidas por um alto dirigente da Rede Globo que foi convocado como testemunha na própria AP 470 e depondo em juízo federal afirmou categoricamente que os BV´s SEMPRE pertenceram as agências de propaganda e o próprio TCU assim decidiu em diversas situações da espécie, inclusive no próprio caso em tela;
O fato é que Henrique Pizzolato por ser petista e ocupar, à época, cargo de relativo destaque no Banco do Brasil, foi guindado à condição de "pagador" sem ter PODERES institucionais para tanto. Os motivos desta barbaridade da PGJ ... bem ...
É importante ainda destacar que em perguntas dirigidas pela então CPI à VISANET indagando: "qual era a relação de Henrique Pizzolato com a VISANET ?" Sabem qual foi a resposta da VISANET, em DOCUMENTO CONFIDENCIAL, dirigido a então CPI, pasmem, foi em apenas uma palavra: NENHUMA
Se houver lisura jornalística que tenha a audácia de enfrentar o império da distorção midiática difundida por "autoridades" políticas e da área da justiça (Ministério Público e Judiciário), esses documentos em anexo são a PROVA cabal do MAIS DESCARADO ENGODO JÁ PERPETRADO EM NOSSO PAÍS com finalidades político partidárias inconfessáveis.
E ai vão as provas lembrando que por óbvio que este documento é para divulgarmos amplamente uma vez que ele é uma COMPROVAÇÃO DEFINITIVA de que mesmo após ter a vida vasculhada nos últimos 25 (vinte e cinco) anos pela Receita Federal, NADA CONSTA contra Pizzolato.
segue DOCUMENTO CONFIDENCIAL onde se destaca o seguinte trecho:
"qual era a relação de Henrique Pizzolato com a VISANET?" Sabem qual foi a resposta da VISANET, em DOCUMENTO CONFIDENCIAL, dirigido a então CPI, pasmem, foi em apenas uma palavra: NENHUMA
Esse importante documento a PGR SEMPRE teve em mãos e estranhamente "decidiu" desconsiderá-lo e está também nos autos da AP 470 no STF.
Quando Lula afirmou em entrevista com blogueiros que iria contar TUDO sobre a tentativa de golpe que hj está "encadernada" na AP 470, alguns entenderam a fala dele como tendo sido mera retórica política. Enganaram-se os que assim "perceberam" a então fala presidencial. A realidade está disponível para os que buscam a VERDADE, mas, se desejam,esses poucos, continuar a ser vítima da avalanche midiática GOLPISTA, sinto muito. 

Sintonia Fina

Nenhum comentário: