10 de ago de 2012

As grosserias de Galvão Bueno e seus frutos

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!




por Maurício Stycer e Flávio Rico


A informação que vem de lá (Londres) é que o Renato (Maurício Prado) foi afastado. Depois da briga no ar, ele teria se recusado a conversar com a direção e com o próprio Galvão. Queria um pedido de desculpas. Foi dito a ele que era para voltar ao programa como se nada tivesse acontecido e esquecer o episódio. Era assim ou estava fora.
 
Como o Renato, ainda segundo o que chega de Londres, não teria concordado com as condições colocadas e sem receber o que considerava os devidos pedidos de desculpa, foi afastado do programa. Não se sabe como ficará a sua condição no “Bem, Amigos”, programa das segundas-feiras, que também é do Galvão, aqui no Brasil.
 

A briga (aqui) de Galvão Bueno com Renato Mauricio Prado, ao vivo, durante a apresentação do “Conexão SporTV” na última quarta-feira (01), ainda  rende. O jornalista se recusou a participar das duas edições seguintes do programa, no sábado (04) e na segunda-feira (06).


Prado foi a Londres para participar, como integrante fixo, ao lado de Galvão, do “Conexão”, além de escrever para o jornal “O Globo”.

A briga ocorreu depois que ele pediu a Galvão para contar no ar uma "piada" que havia feito nos bastidores – que a seleção masculina de vôlei, em 1984, só foi medalhista por causa do boicote dos países do bloco soviético aos Jogos de Los Angeles.

O narrador se irritou com o comentário e repreendeu o jornalista no ar. Prado chegou a fazer menção de retirar o seu microfone e deixar o estúdio (como dá para ver no minuto 1:39 do vídeo). Mas ficou. Um minuto depois, se recusou a cumprimentar Galvão, deixando-o com a mão no ar.

A situação preocupa a cúpula de esportes da Globo. Galvão é a estrela maior da companhia e saiu com a imagem arranhada do episódio, que foi, em última instância, provocado por Prado.

Apesar do narrador ter pedido desculpas no final do programa, o caso não está, como se vê, encerrado. A eventual participação de Prado no próximo “Conexão” pode sinalizar que os ânimos se acalmaram.


Sintonia Fina

Nenhum comentário: