7 de jul de 2012

Serra tem medo do povo?

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG- Partido da Imprensa Golpista) não mostra!




Por Altamiro Borges

No primeiro dia da propaganda eleitoral permitida pela Justiça, nesta sexta-feira (6), o candidato José Serra preferiu dar a largada na sua campanha num evento fechado. Como já é de costume, ele chegou ao local, um edifício no centro da capital paulista, com uma hora e meia de atraso. Diante da pequena presença de apoiadores, o tucano afirmou que o obetivo do evento "é fazer um sopro aos militantes que vire uma ventania pela cidade". Já o senador Aloysio Nunes, seu braço direito, tentou justificar a timidez do ato argumentando que "a campanha começa devagar. É preciso dosar as nossas forças”.


Pode até ser uma estratégia de campanha. Afinal, José Serra está à frente nas pesquisas - apesar de se manter empacado e com recordes de rejeição. Além disso, ele conta com duas podersoas máquinas públicas - a da prefeitura de São Paulo, dirigida pelo seu fiel aliado Gilberto Kassab, e a do governo estadual, comandada pelo "amigo" Geraldo Alckmin. Ele também goza do apoio descarado dos principais veículos midiáticos e planeja uma campanha com custos estimados em R$ 97 milhões.

De qualquer forma, o início da campanha tucana foi bastante tímido. Pode indicar um certo medo do contato direto com o povo e uma aposta exclusiva na propaganda de rádio e televisão. Serra sabe que os paulistanos estão insatisfeitos com a péssima gestão de Kassab. Recente pesquisa indicou que 80% dos eleitores desejam mudanças. Ele também pode temer que algum eleitor mais atrevido questione as suas falsas promessas - como a de que não abandonaria a prefeitura.

Enquanto José Serra optou por um evento fechado, os demais candidatos foram às ruas para o contato direto com o povo. O ex-ministro da Educação e candidato do PT fez uma caminhada da praça do Patriarca até a Catedral da Sé que reuniu cerca de 5 mil simpatizantes. Já o candidato do PRB, Celso Russomanno, que até agora aparece em segundo nas pesquisas, pegou o metrô na estação São Judas e foi até a sede da OAB. Os demais postulantes também promoveram atividades de rua.

Sintonia Fina

Nenhum comentário: