17 de jun de 2012

ASSASSINO DA DITADURA DENUNCIA GLOBO E FOLHA

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!

Assassino da ditadura que a Folha chamou de "Ditabranda", Claudio Guerra, numa entrevista muito boa a Alberto Dines do Observatório de Imprensa, dá nome aos  bois. Fala textualmente que a Globo e o jornal dos Frias davam apoio e se beneficiavam do regime que matou, mutilou e fez desaparecer com milhares de pessoas. Fala inclusive que muitos empresários (Mappin, por exemplo) davam grana pra quem torturasse e sumisse com quem resolvesse reivindicar direitos trabalhistas. 

Aliás, esse é um expediente que Mercedes Benz, IBM entre outros, também usaram pra se beneficiar do nazismo. 

Que maravilha alguém, arrependido, com medo do inferno, falando abertamente sobre esse período tão aplaudido na época por nossa imprensa vagabunda e larápia. Imprensa essa que passa por boazinha hoje em dia, "vítima" da censura e da repressão. Sim, sabemos como eram vítimas.

Por aí dá pra perceber em quem devemos acreditar ou não, na ordem do dia propinoduto de denúncias do imprensalão. Imprensalão esse que continua denunciando (quase sempre) quem não lhe paga, e acobertando quem lhe despeja dinheiro na conta. 




Sintonia Fina
- com Anais políticos

Nenhum comentário: