17 de mai de 2012

MERVAL PEREIRA - DO LIXO AO LUXO - CAIU UM "POSTE" CHAMADO DILMA ROUSSEFF E MATOU UM "MEIO IMORTAL"

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!




Houve um tempo em que o jornalista Merval Pereira encontrava-se "EM PLENA CAMPANHA ELEITORAL, COLOCANDO A SUA COLUNA DIÁRIA EM O GLOBO À SERVIÇO DA CANDIDATURA DE JOSÉ SERRA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA"

Nesse período, de forma mais grosseira, rasteira e incompatível com uma coluna considerada "carro chefe" dos temas políticos no Jornal onde ela é publicada, Merval Pereira usou e abusou das expressões mais vulgares para se referir ao ex-presidente Lula e a atual Presidente Dilma Rousseff.

Merval, sempre fez questão de afirmar que Dilma era uma marionete de Lula, e que o ex-presidente via na eleição dela como sua sucessora, a oportunidade de continuar mandando no Brasil, pois não admitia deixar o poder de forma nenhuma, já que o golpe de mais uma reeleição havia sido abortado. Merval sempre insinuou que Lula desejava isso, o que os fatos acabaram por desmentir.

Dois termos, o jornalista sempre fez questão de colocar nos seus artigos, buscando desmerecer Dilma e intrigá-la com a opinião pública. Para Merval Pereira, Dilma Rousseff era "O POSTE" ou "A LARANJA DE LULA".

Para o aborrecimento indisfarçável de muitos dos jornalistas que compõe o braço partidarizado de PSDB e DEM na nossa Mídia, Dilma venceu a eleição. Para NÓS BRASILEIROS, felizmente vem fazendo um bom governo, acerta mais no que erra, tem acertado em cheio em algumas das questões que são vitais para o nosso país e para os cidadãos.

Contra os fatos que a INTERNET hoje ajuda a revelar ou a não permitir que sejam escondidos, não há argumentos mentirosos que possam ser sustentados.

O jornalista Merval Pereira, diante da chuva de HOMENAGENS e HONRARIAS que o ex-presidente Lula tem recebido em âmbito nacional e internacional e, diante das medidas corajosas e muito bem planejadas e executadas pelo governo de Dilma Rousseff, está se vendo obrigado, sob pena de cair em maior descrédito, a registrar esses fatos. Merval se vê obrigado, ainda que seja legítimo "adivinhar" o quanto lhe custa e aborrece, a tratar com respeito e educação, Lula e Dilma.

Os dois, por conta de seus méritos se impuseram e, vergaram a empáfia do "meio imortal".


Sintonia Fina
- com 007Bondeblog

Nenhum comentário: