28 de abr de 2012

Documentos ligam Policarpo Jr. e a Veja ao crime organizado por Cachoeira e Demóstenes

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!


O Blog Limpinho & Cheiroso, após a leitura do documento, separou os principais trechos em que Policarpo Jr., vulgo PJ ou Poli, editor da revista Veja em Brasília, aparece em conversas pouco convencionais com suas “fontes” Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e o senador Demóstenes Torres. Também estão presentes nos diálogos selecionados abaixo Cláudio Abreu, diretor da Delta na Região Centro-Oeste; Aredes Correia Pires, diretor geral da Polícia Civil de Goiás; vereador Wesley Silva, do PMDB de Anápolis (GO); Gleyb Ferreira da Cruz, um dos principais assessores de Cachoeira; e sargento da PM do Distrito Federal Jairo Martins de Souza.
O documento traz provas contundentes que Policarpo Jr. e seu patrão, Roberto Civita, estão envolvidos com os crimes de Cachoeira e sua quadrilha.
Confira a seguir.
 
23/4/2009 e 13/5/2009 – O senador Demóstenes Torres articulou com Carlos Cachoeira a divulgação pela imprensa de dados sigilosos que seriam entregues informalmente a um repórter pela Polícia Civil do Estado de Goiás. Segundo consta dos diálogos, o plano não se consumou porque o diretor geral da Polícia Civil teria desistido de entregar ao repórter os documentos que conteriam os dados sigilosos. Abaixo segue o diálogo em que é dito o nome do tal repórter.
 

09/03/2011 – Demóstenes diz que está na cidade e marca de encontrar com Carlinhos na manhã seguinte. Carlinhos diz que vai até Demóstenes depois de passar no Policarpo.
 

27/04/2011 – Carlinhos diz que vai almoçar com a prefeita de Valparaíso e com Policarpo Jr. da revista Veja.
 
 
27/04/2011 – Carlinhos e Demóstenes conversam sobre Marcelo Miranda (senador). Demóstenes pede orientação sobre sua situação partidária. Conversam sobre uma lista de materiais e volta o assunto do almoço com Policarpo.
 
 

28/04/2011 – Carlinhos diz que está com Gleyb e está vendo os negócios de compra de som. E Policarpo Jr. aparece na conversa novamente.
 

02/05/2011 – Conversa entre Carlinhos e Wesley. Carlinhos diz que o Policarpo Jr. da Veja está atrás da fita. Wesley diz que vai procurar.
 

09/05/2011 – Carlinhos conversa com Cláudio sobre a Sigma, Delta e mais um encontro com o Policarpo.
 
10/05/2011 – Carlinhos conta a Cláudio sobre a conversa que leve com Policarpo, da Veja, a respeito da reportagem que saiu na revista no último final de semana.
 

10/05/2011 – Carlinhos conversa com Dadá. Carlinhos diz que falou com Policarpo, da Veja. Dadá diz que ficou sabendo que quem fez a reportagem foi Hugo Marques. Conversam sobre reportagem que iria sair na Veja envolvendo filmagem de Agnelo com a Delta.
 

04/06/2011 – Carlinhos e Cláudio conversam: “O Policarpo Jr. vai detonar a associação...”
 

29/06/2011 – Cláudio diz que esteve com Policarpo Jr. e passou informações sobre reunião em Curitiba sobre licitação da BR-280.
 
02/07/2011 – Cláudio fala com Carlinhos da reportagem de Policarpo Jr. sobre o Ministério dos Transportes.
 

07/07/2011 – Carlinhos pergunta para Cláudio o que o Márcio Pontes está ameaçando. Cláudio diz que é falar merda e que dia 13 é a recisão dele. Bilhetagem vai ficar na mão de Valdir e vai querer ajuda financeira de 300 mil agora. E Policarpo Jr. é tratado como “o homem”.
 

26/07/2011 – Carlinhos conversa com Policarpo Jr., que lhe pergunta como faz para levantar umas ligações entre o deputado Jovair Arantes e a gente da Conab.
 

04/08/2011 – Carlinhos e Policarpo Jr. conversam por telefone.
 

04/08/2011 – Cláudio diz a Carlinhos que o PJ – Policarpo Jr., editor da Veja, em Brasília – quer falar com ele em Brasília. Carlinhos fala para Cláudio mandar Policarpo soltar a nota do Carlos Costa. Cláudio diz que está esperando Policarpo no apartamento 1103, do Hotel Meliá.
 

04/08/2011 – Depois do encontro no Meliá, Claudio diz que ele [Policarpo Jr.] já chegou e perguntou onde era para publicar. Carlinhos diz que pode ser no “Radar” ou no “On-Line”, mas se for como matéria da revista, seria melhor ainda.
 

04/08/2011 – Cláudio conversa com Calinhos sobre o encontro que teria com Policarpo Jr., mas jornalista não pôde comparecer. Policarpo pede a Cláudio que mandasse o material para seu e-mail: pjunior@abril.com.br.
 
11/08/2011 – Demóstenes pergunta se Carlinhos deu uma olhada no negócio do Áureo. Policarpo Jr. também aparece na conversa.
 

10/08/2011 – Jairo se encontra com Policarpo Jr. num churrasquinho.
 
11/08/2011 – Carlinhos diz a Cláudio que está no Churchill, possivelmente com Policarpo Jr.
 
11/08/2011 – Carlinhos conversa com Demóstenes, que fala que o primeiro assunto está com o estrangeiro e o segundo já tem reunião. Carlinhos diz que o assunto do Zé vai estremece o partido.
 

12/08/2011 – Carlinhos liga para Demóstenes e conversam sobre Edivaldo, Paulo Bernardo, Colbert, prisão, Congonhas, Policarpo Jr.
 

15/08/2011 – Carlinhos orienta Jairo sobre conversa com Policarpo Jr. Diz que eles têm de pedir aquele assunto para ele.
 

15/08/2011 – Policarpo está entrando de serviço agora e marca encontro com Jairo em 10 minutos no espetinho.
 

Em determinadas passagens do texto do inquérito, é dito o seguinte sobre Policarpo Jr, José Dirceu, Dilma Rousseff, dentre outros:
 



Sintonia Fina
- com Com Texto Livre

Nenhum comentário: