9 de fev de 2012

Miriam Leitão pega na mentira: Infraero não pagará pela concessão.

Miriam Leitão tem o direito à opinião dela. Quer ser do contra? O problema é dela (e de quem a leva a sério).

O que não é aceitável é publicar informação mentirosa.

E na ânsia de atacar o governo Dilma, Leitão acabou publicando uma grande mentira sobre a concessão dos aeroportos, em sua coluna do jornal "O Globo", replicada em seu blog.

No leilão de concessão do Aeroporto de Guarulhos, o consórcio vencedor pagará R$ 16,2 bilhões pela concessão. A Infraero terá 49% da concessão sem pagar nada.

Mas veja só o que Miriam Leitão escreveu:
    "... Além disso, a estatal que vendeu o ativo, a Infraero, permanece com 49% e, portanto, pagará metade da conta de R$ 16,2 bilhões. Fica na estranha situação de pagar por ter vendido..."


Miriam não fez o dever de casa ou não entendeu direito e confundiu "Carolina de Sá Leitão com Caçarola de assar leitão".

 A Infraero não terá que pagar nada por esta concessão.

O que haverá nos próximos 20 a 30 anos é um número coincidentemente muito parecido (R$ 16,1 bilhões) em investimentos para ampliação dos aeroportos, porém este valor é o total dos investimentos de longo prazo nos três aeroportos concedidos. Ora, se haverá esses investimentos e a Infraero tivesse 100% da concessão teria que investir sozinha todo esse valor, se tem 49% terá que investir este percentual, assim como receberá também 49% dos lucros. Nada mais óbvio e normal em qualquer empreendimento.

Há outras mentiras no texto, como confundir conceder com privatizar e com vender, mas a mais feia é esta acima.


SINTONIA FINA
_ Amigos do Lula

Nenhum comentário: