7 de fev de 2012

Justiça reduz o IPTU de Naji Nahas. Viva Pinheirinho !


Nem sempre a Justiça perdoou Nahas

No programa Entrevista Record Atualidade, que vai ao ar nesta segunda feira, na Record News, às 22h15, logo após o programa do Heródoto Barbeiro, o vereador Wagner Baileiro, do PT,  mostrou documentos que mostram a evolução de parte da dívida do grande financista da Folha (*), Naji Nahas, com a Prefeitura de São José dos Campos..

Naji Nahas jamais pagou o IPTU.

A prefeitura, controlada há três por prefeitos, também não executou a divida.

O mais interessante é que nove dias depois do Massacre da Nova Canudos, documento da Prefeitura ratifica decisão judicial que REDUZ o IPTU de Naji Nahas sobre o terreno do Pinheirinho.

O que era uma divida de R$ 2 milhões foi gentilmente reduzido para R$ 400 mil !!!

Viva o Brasil !

Baileiro contou também que das 1.100 casas que o governador Geraldo Alckmin prometeu construir  para as vítimas do Massacre, 500 estão prometidas desde 2005.

E nesta área onde teoricamente serão construídas 500 casas,  60% ficam numa  reserva ambiental.

Ele descreveu os diversos movimentos para tentar uma negociação com desapropriação da área, ainda dias antes do Massacre.

Dessas reuniões participaram representantes do Governo de São Paulo, do Ministério das Cidades e da área em que opera o Ministro (de que ?) Gilberto Carvalho.

A prefeitura de São José dos Campos costumava ser representada nesses encontros por funcionários de terceiro escalão.

A Juíza Marcia Loureiro – veja aqui memorável entrevista em que ela considera “admirável” o papel da PM – sabia dessas negociações e de um protocolo de intenções que previa a desapropriação, assinado em 16 de janeiro, seis  dias antes do Massacre.

Da mesma forma, a Juíza sabia do acordo assinado entre o senador Eduardo Suplicy e o deputado Ivan Valente, com advogados de Nahas e da massa falida, referendado pelo Juiz da Vara de Falências, que prorrogava a reintegração por 15 dias, para tentar um acordo.
 
Esse documento é de 18 de janeiro, quatro dias antes do Massacre.

Sintonia Fina
- Conversa Afiada

Nenhum comentário: