23 de fev de 2012

Globo manipula até no Carnaval - Nenhuma novidade.

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!





Do Blog do Miro

Por Altamiro Borges


Muita gente achou estranha a baixa pontuação que a TV Globo deu para a escola de samba Gaviões da Fiel durante seu desfile no sambódromo de São Paulo. Para o blogueiro Eduardo Guimarães, a “enquete dos telespectadores”, que deixou a escola no sétimo lugar, foi manipulada e visou puni-la por sua homenagem ao ex-presidente Lula. Há quem desconfie desta avaliação.

O que dizer, então, da matéria da jornalista Keila Jimenez, do blog Outro Canal, hospedado na insuspeita Folha, sócia das Organizações Globo em outros empreendimentos da comunicação. Para ela, a emissora manipulou também o desfile do Rio de Janeiro:


*****

Globo foge do enredo sobre Olimpíada de Londres

Por Keila Jimenez

Pouca gente reparou, mas a Globo fez um grande esforço durante a transmissão do desfile da escola de samba carioca União da Ilha, na segunda-feira (20). A agremiação, que levou a história da Inglaterra para a Sapucaí, caiu em um assunto ingrato para a emissora: a Olimpíada de Londres, este ano, que a líder de audiência não irá exibir. Os direitos da competição são exclusividade da Record.

Durante todo o desfile, repleto de referências da cultura inglesa e da próxima Olimpíada, Glenda Kozlowski e Luis Roberto, que comandaram a transmissão da Globo, se apoiaram no final do enredo, que encerrava a passagem da escola falando da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. Diferentemente de Londres, os jogos do Rio serão transmitidos pela Globo. Diante da saia-justa, os narradores evitaram ao máximo falar da competição na Inglaterra, que será em julho.
Mesmo vendo foliões com bandeiras de “Londres 2012″, Glenda falava: “Olha aí os anfitriões de 2016!”. Procurada, a Globo não comentou o assunto.


*****

Ainda existe muita gente que acredita na isenção e neutralidade da Rede Globo. Mas, por interesses políticos ou comerciais, a poderosa emissora não dá ponto sem nó. Mesmo com a queda acentuada de audiência nas transmissões do Carnaval, o império da famiglia Marinho não muda a sua postura manipuladora. O uso do cachimbo entortou a boca de vez.


Sintonia Fina

2 comentários:

Zilda Santiago disse...

Parabéns pelo blog!!!

Aliene Ribeiro disse...

Além do postado acima, o que me chamou a atenção na transmissão do carnaval foi a sucessão de erros dos comandantes da transmissão. Só pra ilustrar, a Glenda diante da imagem de Beth Carvalho no carro da comissão de frente da Mangueira, soltou: "Olha a Beth Faria ai gente...". Já Luiz Roberto, no desfile da Beija-flor ao ver o último carro com uma escultura de Joazinho 30, numa homenagem e referencia ao polêmico enredo "do luxo ao lixo..." do carnavalesco, soltou um baita "mindingo", ao se referir ao cristo mendigo, proibido pela igreja naquela ocasião. Isso pra não falar do total despreparo de ambos para comentar tal evento. Aquilo foi muito pra mim...

Aliene Ribeiro
Jornalista