24 de jan de 2012

Globo mente, manipula, distorce e joga seus jornalistas na rua expostos à fúria da população

Não é de hoje que O Globo tem um lado: aquele diametralmente oposto aos anseios do povo. 
Desde a época de Getúlio, quando jornal e rádio Globo fizeram intensa campanha contra o presidente que criou o salário mínimo, a jornada semanal e a carteira de trabalho.

Quando o povo tomou conhecimento do suicídio de Getúlio, soube muito bem quem levou o presidente àquele desfecho:
 
"Nas horas seguintes os jornais confirmaram o que o rádio anunciara [o suicídio de Getúlio] através de edições, também extraordinárias, provocando uma comoção popular, sem precedentes, desde a morte de João Pessoa, em 1930.  
Populares atacaram O Globo e a rádio Globo, (...). 
O povo voltava-se contra a mídia que julgava culpada pela dimensão que os fatos tomaram.
 
Um dia ainda verei isso se repetir.
Sintonia Fina
-Justiceira de Esquerda
 

Nenhum comentário: