23 de nov de 2011

Tolerância Tem Limite

O reajuste do salário mínimo de 2012 estava previsto em 13,6%. O atual valor de R$ 545,00 seria reajustado, segundo regra aprovada no Congresso Nacional, para R$ R$ 619,21.

Repito, 13,6%, correspondendo à reposição do INPC estimado (5,7%) turbinado pelo aumento do do PIB (7,5%) de 2010.

Um aumento real de 7,5%. Uma boa notícia para os trabalhadores. 

Entretanto, com o aumento da inflação, o INPC foi revisto para 6,65%. Consequentemente, o percentual do reajuste do salário mínimo foi alterado de 13,6% para 14,26%. O novo valor passou de R$ 619,21 para R$ 622,73, conforme ofício Ministério do Planejamento no dia 21 de novembro deste ano.

R$ 3,52 a mais. Repito R$ 3,52 A MAIS. 


Clique aqui para ler a notícia publica pelo Estado de São Paulo.

Notícia que alguns jornalistas resolveram tratar com sarcasmo.

TV Cultura e Ricardo Setti solenemente ignoraram o fato de ter sido um dos maiores aumentos nominais e reais dos últimos anos. Eles preferiram ater-se ao pequeno valor da correção (R$ 3,53) necessária para atender o projeto de reajuste aprovado no Congresso Nacional.

Ricardo Setti, em seu blog, escreveu: "Agora a coisa vai: governo atualiza salário mínimo de 2012 em 3,50 reais"

Cristina Poli narrou no Jornal da Cultura do próprio dia 21:
"Aqui em São Paulo com R3,50 dá pra pagar uma passagem de ônibus ou tomar um cafezinho espresso e ainda sobram algumas moedinhas. Um rico dinhheirinho pra milhões de brasileiros que ainda recebem o piso salarial do país."

Sintonia Fia do blog Casa de Tolerância

Nenhum comentário: