22 de nov de 2011

Folha de SP, não dá para ler – DEFINITIVAMENTE

A ideologia da Ditabranda (Folha de SP, não dá para ler – definitivamente)

Do Vi o mundo
Caio Toledo: Folha reabilita o ideólogo da ditabranda
por Caio Navarro de Toledo
Os editores da Folha de S. Paulo sempre se regozijam com os resultados de pesquisas que asseguram que, do ponto de vista de sua formação escolar, os leitores do jornal seriam “altamente qualificados” (74% teriam cursado o ensino superior e 24% o ensino médio).

É possível afirmar também que, desde o final da ditadura militar, o jornal passou a abrir suas páginas para uma colaboração regular de acadêmicos e intelectuais críticos (a “campanha das diretas já” talvez tenha se constituído em momento privilegiado do congraçamento com esses setores). Creio que os vínculos com a academia se acentuaram quando os editores e colunistas do jornal (com cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado) passam a ser recrutados nas várias unidades de ensino e pesquisa das universidades públicas paulistas, em particular da USP.
 
 
Sintonia Fina - Dilma

Nenhum comentário: