8 de nov de 2011

FHC: PSDB é a favor do carinho. E contra os juros. Bye-bye 2014 !


Saiu no Valor:

“PSDB tem que ser o partido do carinho e da equidade”, diz FHC


Fica então assim combinado.
FHC é a favor do carinho.
Com os aposentados.
Com os petroleiros da Petrobrás.
Com os que ganham salário mínimo.
Com os empresários que tinham que viver com juros de 40%.
Com o FMI.
A ideia revolucionária é suspender os juros subsidiados do BNDES.
Que tal os juros subsidiados da do Banco do Brasil , da Petros, da Previ e da Funcef para o Daniel Dantas comprar a telefonia ?
(Quero ver o FHC subir lá no Alemão e combater os juros subsidiados do BNDES para reduzir os juros do Banco do Brasil e da Caixa. Vai fazer um grande sucesso ! Que carinho !)
O Aécio é favor do choque de jestão.
E o Cerra contra a corrupção.
E o Paulo Preto ?
E Paulo Afrodescendente, trabalhava para quem ?
E quem pagava a empresa de arapongagem que o Alckmin mandou embora ?

Quem administrou o metrô cujo presidente pode ser derrubado pelo Ministério Público ?


Cadê o dinheiro que era para limpar o rio Tietê ?
Quem é Ricardo Sergio de Oliveira ?

Quem era Ministro no tempo das ambulâncias super-faturadas ?

Como diz o Aloysio 300 mil Nunes Ferreira, desse jeito, “2014 já era”.

Nem com bolinha de papel.


Em tempo: liga o Vasco: “É o fim da Urubologia !”. Todos os urubólogos do PSDB agora querem reduzir os juros. Logo eles, que passaram a vida a defender e a decretar juros altos …”


Sintonia Fina - Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: