24 de mar de 2012

Pelo Twitter, Demóstenes clama por Justiça

Veja aqui o que o Partido da Imprensa Golpista (PIG) não mostra!



 ... e até agora não pediu desculpas. Melancólico


O senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que também passou a ser chamado de senador Cachoeira (leia mais aqui), é um homem só. Tal qual um palito de fósforo queimado, foi abandonado pelos aliados de outrora. De uma só vez, mereceu reportagens no Globo, no Jornal Nacional e até mesmo no blog de Reinaldo Azevedo. E decidiu reaparecer no Twitter. Não para pedir desculpas ao povo de Goiás e do Brasil. Mas para clamar por Justiça, agora que sente na pele a mesma dor que causou a seus inimigos com a sua lança justiceira. Eis o que ele postou no Twitter:


1. De todos os absurdos publicados contra mim, os mais absurdos estão no site da Carta Capital. Os informantes da revista estão enganados.
2. Não faço parte nem compactuo com qualquer esquema ilícito, não integro organização ilegal nem componho algo do gênero.
3. Desminto essas inverdades em respeito a minha família, aos meus amigos, às minhas colegas e meus colegas senadores, a Goiás e ao Brasil.
4. O sofrimento provocado pelos seguidos ataques a minha honra são difíceis de suportar, mas me amparo em Deus e na certeza de minha inocência.
5. As injúrias, as calúnias e as difamações minam a resistência até de quem nada teme, mas permaneço firme na fé de que a verdade triunfará.
6. Dói enfrentar o olhar sofrido de familiares torcendo para o tormento passar logo. Mas as inverdades chegam açodadas; a reparação, lentamente.
7. Para tripudiar sobre mim e o mandato que o povo me confiou, desrespeitam os mais elementares princípios constitucionais.
8. A tudo suporto porque nada fiz para envergonhar meu partido, o Senado, Goiás e o Brasil. Essa é a verdade, que, ao final, triunfará.
E então? Que tal, caro leitor? Que tal, eleitor?


Sintonia Fina
-Brasil 247


Nenhum comentário: